Blog do Peco

Risoto Imperial - Bacalhau com morangos

Estamos em plena safra da frutinha do amor: os morangos. Também estamos muito perto do inverno, apesar que o frio já vem mostrando a sua cara e se existe um casamento perfeito para o inverno, risoto e vinho é ele. Um dos pratos que mais gosto de executar, e principalmente degustar, é justamente risoto. Aliás uma de minhas especialidades, segundo alguns amigos, é o risoto que denominei de "Risoto Imperial", feito com lascas de bacalhau do Porto e morangos maduros, e que enche a boca d'água dos mais variados gourmands. Como estamos no começo da safra da frutinha do amor, vou postar a minha receita predileta, indicando o vinho verde tinto, Casal Garcia. Esta receita inaugurou o Espaço Hípica Gourmet, da Sociedade Hípica de Campinas, idealizado e fundado pelo então Presidente Raul Penteado, pelo atual direitor de Cultura, Francisco Artur de Queiróz e por mim.

Risoto Imperial
Ingredientes para 6 pessoas

2 xícaras de arroz italiano carnaroli;
3 colheres de sopa de manteiga gelada e sem sal;
2 colheres de sopa de azeite de oliva extravirgem;
1 cebola pequena bem picadinha;
2 dentes de alho;
1/3 de xícara de vinho branco seco;
2 xícaras de bacalhau dessalgado e desfiado;
¾ de xícara de suco de morango;
1 xícara de morando cortado em cubinhos;
1 xícara de couve manteiga finamente picada;
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado.

Modo de Preparo:

Escalde o bacalhau em 3 (três) litros de água, coe e reserve o caldo fervente.
Em uma panela de boca larga, coloque metade da manteiga, todo o azeite de oliva e leve ao fogo alto.
Acrescente a cebola, o os dentes de alho inteiros e refogue até a cebola vitrificar.
Junte o arroz e frite-o por dois minutos sem parar de mexer para que ocorra a tostatura dos grãos.
Adicione o vinho e vá mexendo sem parar, a fim de dar perfume e acidez ao risoto.
Aos poucos, vá adicionando o caldo de bacalhau fervente, concha a concha, misturando sempre e esperando a concha anterior de caldo ser absorvida, ou seja, fazendo a brasatura.
Na metade do cozimento, cerca de 10 minutos, acrescente o bacalhau desfiado, a couve e o suco de morango, sem parar de mexer o arroz e sempre acrescentando o caldo de bacalhau.
Mais 8 (oito) minutos, o risoto estará “al dente”. Neste momento, com arroz bem molhado, retire a panela do fogo, acrescente o morango picadinho, o queijo parmesão ralado e a manteiga restante para aveludar o risoto. Misture tudo e sirva imediatamente com pão italiano e o vinho acima sugerido.

Tags: 
comentário(s)