Gestão e Coaching

Gol de goleiro aos 48 minutos do 2º tempo

Como bom amante dos esportes, às vezes não consigo entender a postura tática e comportamental de alguns técnicos e jogadores.

Muitas vezes optam por “não jogar” e ficam esperando o resultado acontecer. No futebol, é comum times se fecharem na defesa e jogarem por ‘uma bola”. O contra-ataque mortal.

Às vezes essa tática funciona. Outras muitas, não. E sofrem um gol do adversário aos 40 minutos do 2º tempo. E então, numa tentativa desenfreada, tentam fazer em 5 minutos aquilo que não conseguiram em 85.

Até o goleiro sai de sua área para arriscar um gol “milagroso” em jogada de escanteio. A bola é levantada para a área em sua direção, ele se posiciona e salta todo desajeitado… a bola encosta na sua cabeça e...

… muitas vezes lidamos com nossas vidas da mesma forma.

Deixamos tudo para a última hora! Jogamos a agenda para o alto e, como goleiros desesperados, corremos atrás do prejuízo atropelando tudo. 

A explicação? PROCRASTINAÇÃO!

No artigo passado conversamos um pouco sobre as consequências, e hoje quero te ajudar a entender um pouco sobre os motivos pelos quais procrastinamos.

Em vídeo intitulado Neurobiology of Procrastination, o pesquisador Piers Steel explica que existem 2 mecanismos no cérebro que colaboram para a procrastinação: sistema límbico e córtex pré-frontal. 

O primeiro tem conexão com a parte do cérebro ligada ao prazer. Steel afirma que “quando você sente vontade de algo, quando realmente quer conseguir fazer alguma coisa, é o sistema límbico que está controlando o processo”. O problema é que “o sistema límbico só liga para prazeres imediatos”.

O segundo mecanismo é o córtex pré-frontal, que tenta controlar as vontades do sistema límbico. É ele quem nos ajuda a fazer planos a longo prazo. Em tese, nos ajuda a combater a procrastinação. Mas seu maior problema é o cansaço. E na prática, apesar dele nos ajudar planejando a longo prazo, o sistema límbico pula na frente exigindo uma ação que traga prazer instantâneo.

Por isso muitas vezes optamos em se esticar no sofá com um filme da Netflix do que levantar e praticar algum esporte. 

Além da gratificação instantânea, outro motivo pelo qual procrastinamos é o medo. Isso mesmo. Medo do desconhecido, medo de fracassar ou até de passar vergonha. E quando o medo impera queremos nos livrar dele, e assim sequer pensar no assunto ou tarefa pendente, adiando sua execução e procurando algo mais fácil e prazeroso para o lugar.

E se o motivo anterior tem relação com um aspecto emocional, gerando em nós a falta de confiança, a dificuldade em acreditar que somos capazes, a baixa autoestima, etc., destaco um terceiro motivo ligado à esfera comportamental: tem pessoas que são desorganizadas. Tanto nas ideias quanto na execução de tarefas. Não planejam a vida e assim não possuem uma agenda clara de tarefas a cumprir.

Acordam e dormem sem um rumo definido. Podem até ter sonhos e objetivos, mas não conseguem traduzir em algo concreto, em realização.

Algumas perguntas para sua reflexão:

  • A procrastinação tem sido algo significativo em sua vida?

  • Qual dos motivos te prejudicam mais: a busca pelo prazer imediato, o medo ou a má administração de tarefas e do tempo?
  • Você se parece mais com o goleiro que corre até a área adversária desesperadamente ou com o capitão de um time equilibrado e consciente de seus objetivos e das estratégias para alcançar o gol adversário? 

Ahhh… o goleiro?!?!? Aquela cabeçada desajeitada deu certo e conseguiu garantir o empate. Mas a probabilidade disso acontecer novamente é quase nula. 

Comentar

Não faça hoje aquilo que você acha que pode fazer amanhã

"Logo cedo sentei em frente ao computador para escrever o relatório que tenho de entregar ao diretor amanhã. Entro no e-mail para abrir um anexo que me ajudará na elaboração do relatório. 

No entanto, me deparo com 87 novas mensagens, sendo a maioria SPAM. Enquanto me concentro para não excluir mensagem errada, resolvo ler um e-mail promocional da biografia de Steve Jobs (que está na minha lista de leituras para 2017).

Comentar

Administração da Vida: é uma questão de tempo!

Em artigo recente mencionei que temos uma variedade de elementos em nossa vida pessoal e profissional, exigindo energia e tempo, e com isso somos consumidos demais, passando muitas vezes a viver em função da agenda de outros.

E algumas perguntas que te faço é: você tem aproveitado seu tempo de forma eficiente? Existem elementos em sua vida que estão consumindo maior tempo e energia do que deveriam? Quais? O que você deve fazer para equilibrar esses elementos e ter uma agenda prazerosa, positiva e produtiva?

Comentar

Quem Define a sua Agenda?

Muitas vezes nosso ambiente de trabalho é caraterizado pela pressão constante de produzir mais com menos recursos. E nesse cenário vivemos o desafio de dar conta do recado, ampliando tarefas cotidianas e até mesmo funções que antes eram exercidas por outros.

Se já não fosse o bastante, nesse mundo hiperconectado com excesso de informações, vivemos sob a expectativa do imediatismo nas respostas e soluções, além da interrupção constante de nossas rotinas.

Comentar

Assuma o Controle da sua Vida

Que a vida nos desafia a todo instante não tenho dúvida alguma. Que o meu comportamento natural nas dificuldades é olhar para fora de mim e tentar entender todo o contexto, também é uma verdade.

Mais ainda, se está difícil encarar alguns desafios, sem entrar no aspecto espiritual, do ponto de vista prático tenho aprendido que ninguém vai me entender e ajudar na profundidade que preciso. Ninguém vai me salvar.

 

Comentar

Você sabe usar o GPS?

Imagine você dirigindo um carro em outro país, de língua estranha, procurando um restaurante que te indicaram, sem contar com o GPS ou qualquer outro mapa desse país.

Quanto tempo acha que levaria para encontrar esse restaurante, sem esses recursos ou placas de sinalização do local? Provavelmente anos ou a vida inteira. E se conseguisse encontrar, possivelmente seria através de muita sorte.
 

 

Comentar

Você tem a Chave Correta?

Você tem passado dificuldades em algum tipo de relacionamento? Talvez conjugal, com os os pais ou então com os filhos? Possivelmente não compreende algumas atitudes de seu chefe ou funcionário?
Nos EUA, algumas pesquisas demonstram que 80% dos fracassos profissionais, inclusive falhas ou acidentes durante a jornada de trabalho, não ocorrem por problemas técnicos ou erros de processo, mas estão relacionados a conflitos pessoais e problemas de comunicação.

Comentar

Você é maior que o seu medo?

Quais sonhos você quer realizar em sua vida? Onde você gostaria de estar pessoal ou profissionalmente e não consegue avançar para lá?

Possivelmente você se encontra em um lugar “confortável” nesse momento. E ele faz com que você sinta aconchego e segurança, não lhe permitindo crescer. Se o seu objetivo é atingir um novo patamar de vida, tem que sair da zona de conforto e praticar ações desconfortáveis. 

Comentar

Fazer as Duas Coisas

Você sonha com uma carreira de sucesso ou ter mais tempo com a família? Prefere rodar o mundo em busca de novas experiências ou ter filhos? Ainda, ser rico ou feliz?

Muitas vezes acreditamos que tais situações são excludentes. E decidimos por uma ou outra.

Temos tempo e disposição para viajar e conhecer lugares fantásticos por todo o planeta, porém somos capazes de ficar dias ou meses sem visitar nossos pais e irmãos, dando amor e afeto para aqueles que nos dedicaram tempo precioso por nós.

Comentar

Preparar, Fogo, Apontar

Certa vez tive uma ideia fantástica para um projeto que, na minha opinião, iria trazer excelentes benefícios para a empresa que eu trabalhava. Eu pesquisei sobre o assunto, rascunhei, revi a proposta e, duas semanas depois, o meu chefe, exatamente o meu chefe, apresentou algo muito semelhante para a equipe.

Comentar