Sesc Campinas exibe mostra com filmes do cineasta Akira Kurosawa

Seis longas compõem a programação de 10 a 25/01, às terças e quartas-feiras, com sessões gratuitas

os sete samurais filme sesc campinasA programação de cinema do Sesc Campinas traz em janeiro a mostra “Jidaigeki – Viajando com Kurosawa ao Japão Feudal”. No período de 10 a 25 de janeiro, às terças e quartas-feiras, seis filmes dirigidos Akira Kurosawa estão na mostra gratuita. As exibições ocorrem sempre às 19h30, com exceção do dia 11, que será às 18h30.

A mostra reúne seis filmes cujos cenários são o Japão do período feudal, que se iniciou por volta de 1190 e durou mais de 700 anos. “Rashomom” (1950), “Os Sete Samurais” (foto) (1954), “Trono Manchado de Sangue” (1957), “A Fortaleza Escondida” (1958), “Yojimbo” (1961) e “Sanjuro” (1962) são os títulos que compõem a mostra, os quais expressam um período de sedimentação da maturidade artística de Akira Kurosawa. Além de seu valor como registro histórico da cultura japonesa, os filmes também são um interessante retrato da maturação artística de Kurosawa e da criação de seu estilo cinematográfico.

A mediação é de Vanderlei Mastropaulo, pesquisador de cinema e mestre em Comunicação e Cultura pelo PROLAM-USP.

Programação:

10/01, 19h30 – “Rashômom”
(Japão, 1950, 88 minutos. Direção: Akira Kurosawa). Durante uma forte tempestade, um sacerdote, um lenhador e um camponês se refugiam nas ruínas do portão de Rashômon. O sacerdote começa a contar a história de um assassinato, revelando as diversas versões do acontecido que surgiram no julgamento do caso.

11/01, 18h30 - “Os Sete Samurais”
(Japão, 1954, 202 minutos. Direção: Akira Kurosawa). O velho samurai Kanbei é chamado por uma vila para defendê-la do ataque de bandidos. Percebendo a gravidade da situação, ele reúne outros seis samurais para treinar os aldeãos e defender a pequena vila.

17/01, 19h30 – “Trono Manchado de Sangue”
(Japão, 1957, 110 minutos. Direção: Akira Kurosawa). Washizu é um comandante que, após uma batalha, ouve uma profecia de que se tornará senhor de um castelo. Incentivado pela sua esposa, ele começa a agir para transformar a profecia em realidade.

18/01, 19h30 – “A Fortaleza Escondida”
(Japão, 1958, 139 minutos. Direção: Akira Kurosawa). Dois aldeões gananciosos aceitam escoltar um homem e uma mulher através de território hostil, em troca de dinheiro. O que eles não sabem é que seus contratantes são uma princesa fugitiva e um famoso comandante militar.

24/01, 19h30 - “Yojimbo”
(Japão, 1961, 112 minutos. Direção: Akira Kurosawa). Sanjuro é um samurai sem mestre que, ao passar por uma vila que está dividida entre duas gangues, decide causar um confronto entre ambas para libertar a vila dos bandidos.

25/01, 19h30 – “Sanjuro”
(Japão, 1962, 95 minutos. Direção: Akira Kurosawa). Um grupo de jovens idealistas reúne-se para combater a corrupção em sua vila. Após quase serem mortos, eles são salvos por Sanjuro, guerreiro cínico e desgrenhado que não se encaixa nos padrões de um samurai honrado.

Serviço:

Cinema: mostra “Jidaigeki – Viajando com Kurosawa ao Japão Feudal”
Local: teatro do Sesc. Rua Dom José I, 270/333, Bonfim – Campinas. (19) 3737-1500
Data: de 10 a 25 de janeiro
Entrada: gratuita - retirada de ingresso com uma hora de antecedência na Ilha de Atendimento

comentário(s)