Sesc Campinas exibe filmes da 41ª Mostra Internacional de Cinema de SP

Programação reúne 10 produções inéditas no Brasil. Sessões às terças e quartas-feiras, entre os dias 14/11 e 20/12

Mostra de Cinema de SP Sesc Campinas filme The Square

Atualizado em 16 de novembro

Chega ao Sesc Campinas a Itinerância da 41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. Dez produções consagradas, todas elas nunca exibidas no Brasil, assim como 90% de toda a programação da Mostra na capital paulista, serão exibidas no teatro da unidade entre os meses de novembro e dezembro, com sessões sempre as terças e quartas-feiras, às 19h30, (com exceção do filme "24 Frames", às 18h30, e dos dias 22 e 23, quando não haverá sessão). Os ingressos variam entre R$ 6 e R$ 12 para o público e são gratuitas para associados.

Entre os destaques está o filme "The Square" (foto acima), ganhador da Palma de Ouro, que abre a programação nesta terça-feira (14/11). A produção europeia traz a história de Christian, um curador de um museu de arte contemporânea. Sua próxima exposição é "The Square", uma instalação que convida os transeuntes ao altruísmo. No entanto, uma agência de relações públicas cria uma campanha para promover a exposição e a reação é exagerada, o que leva o protagonista e o museu a uma crise existencial.

Mostra de Cinema de SP Sesc Campinas filme "24 Frames"O longa-metragem "24 Frames" (foto ao lado), que será exibido no feriado do dia 15, quarta, com direção de Abbas Kiarostami, em uma interpretação didática do que era o pensamento cinematográfico do diretor, acontece a partir de uma série de experimentações visuais diretamente vividas pelo diretor, todas produzidas longo dos últimos três anos de vida de Abbas. Após sua morte, deu-se a conclusão do projeto através dessa obra.

O filme "O Jovem Karl Marx" (no dia 28) revela a imagem de Marx, que no início da trajetória como escritor foi perseguido e minimamente prestigiado entre os pensadores europeus. Já Engels vive uma contradição: estudar a formação da classe trabalhadora da Inglaterra ao mesmo tempo que vê o próprio pai obrigar os funcionários de uma fábrica (mulheres, homens e crianças) a cumprirem longas jornadas de trabalho. Ao se conhecerem, passam a escrever juntos.

Outra dica interessante é "Mulheres Divinas", produção suíça que será exibida na quarta (29). O filme conta a história de Nora, uma dona de casa que mora no interior da Suíça, em uma cidade pequena, com seu marido e dois filhos. Alheia aos grandes movimentos sociais que surgem em 1968, Nora é uma pessoa passiva, de quem todos gostam. A partir do momento que começa a lutar pelo direito ao voto feminino, uma decisão que os homens deviam tomar, as coisas mudam.

Criada em 1977, a mostra é um dos festivais mais antigos e tradicionais da capital paulista, e também conhecida por reunir grandes produções do cinema contemporâneo e clássico mundial em suas principais tendências, estéticas, temáticas e narrativas. 

Programação:

14/11 - 19h30
"The Square" (Suécia, Alemanha, França, Dinamarca, 2017, 142 minutos. Direção: Ruben Östlund)
Christian é o respeitado curador de um museu de arte contemporânea. Sua próxima exposição é The Square, uma instalação que convida os transeuntes ao altruísmo. Uma agência de relações públicas criou uma inesperada campanha para promover The Square. A reação é exagerada e conduz Christian, assim como o museu, a uma crise existencial.
Classificação: 14 anos

15/11 - 18h30
"24 Frames" (Irã/França, 2016, 120 minutos. Direção: Abbas Kiarostami)
Filme experimental composto por vinte e quatro curtas metragens de quatro minutos e meio inspirados por pinturas e fotografias. A coletânea é o último projeto de Abbas Kiarostami, e foi concluída postumamente pelo seu filho após a morte do diretor.
Classificação: livre

28/11 - 19h30
"O Jovem Karl Marx" ("Le Jeune Karl Marx". França, Alemanha, Bélgica, 2017, 118 minutos. Direção: Raoul Peck)
Aos 26 anos, Karl Marx embarca com a mulher, Jenny, para o exílio. Em Paris, eles conhecem Friedrich Engels, filho do dono de uma fábrica que estudou o nascimento do proletariado inglês. Engels traz a Marx a peça que faltava para o quebra-cabeça de sua visão de mundo. Juntos, em meio à censura, greves e agitação política, eles vão liderar uma completa transformação política e social do mundo. Classificação: 12 anos

29/11 - 19h30
"Mulheres Divinas" ("Die Göttliche Ordnung. Suíça, 2017, 96 minutos. Direção: Petra Volpe)
Nora é uma jovem dona de casa que mora em uma pequena cidade com o marido e os dois filhos. O interior da Suíça permanece à parte dos grandes movimentos sociais surgidos em 1968. A vida de Nora tampouco é afetada; ela é uma pessoa pacata, de quem todos gostam. Até começar a lutar publicamente pelo direito ao voto feminino, que os homens devem decidir nas urnas no dia 7 de fevereiro de 1971.
Classificação: 14 anos

05/12 - 19h30
"Visages, Villages" (França, 2017, 89 minutos. Direção: Agnès Varda e JR.)
Agnès Varda e JR têm coisas em comum: sua paixão por imagens e, mais particularmente, o questionamento sobre os lugares onde elas são mostradas e a maneira como são compartilhadas e expostas. Agnès escolheu o cinema. JR escolheu criar galerias fotográficas ao ar livre. Quando os dois se conheceram, em 2015, imediatamente quiseram trabalhar juntos ¿fazer um filme na França, longe das cidades. Em encontros aleatórios ou planos pré-concebidos, eles partem em direção a outras pessoas e as convidam a segui-los em sua viagem no caminhão fotográfico de JR.
Classificação: 10 anos

06/12 - 19h30
"O Amante de um Dia" ("L'Amant d'un Jour". França, 2017, 76 minutos. Direção: Philippe Garrel.) Essa é a história de um pai, sua filha de 23 anos - que volta para casa depois de terminar um relacionamento - e sua nova namorada, que também tem 23 anos e vive com ele. 
Classificação: 14 anos

12/12 - 19h30
"O Dia Depois" ("Geu-Hu". Coreia do Sul, 2017, 92 minutos. Direção: Hong Sang-soo.)
É o primeiro dia de trabalho de Areum em uma pequena editora. Bongwan, seu chefe, terminou recentemente o relacionamento que mantinha com a funcionária que trabalhou ali anteriormente. Hoje também, Bongwan, que é casado, sai de casa na manhã ainda escura e parte para o trabalho. Naquele dia, sua esposa encontra um bilhete de amor, explode no escritório e acaba confundindo Areum com a mulher que ele deixou.
Classificação: 12 anos

13/12 - 19h30
"Uma Espécie de Família' ("Una Especie de Familia". Argentina, Brasil, Polônia, França, 2017, 96 minutos. Direção: Diego Lerman.)
Malena é uma médica de classe-média em Buenos Aires. Certa tarde ela recebe uma ligação do Dr. Costas dizendo que ela deve ir imediatamente para o norte do país: o bebê que ela estava esperando está prestes a nascer. De repente e sem pensar, Malena decide partir em uma viagem incerta, cheia de encruzilhadas, nas quais ela precisa lidar com obstáculos legais e morais. Ela se pergunta constantemente até que ponto está preparada para conseguir o que mais quer.
Classificação: 14 anos

19/12 - 19h30
"De Encontro com a Vida" ("Mein Blind Date Mit Dem Leben. Alemanha, 2017, 111 minutos. Direção: Marc Rothemund)
Saliya é um menino parcialmente cego, que escondeu sua condição para conseguir seu emprego dos sonhos em um hotel de luxo. Quando ele se apaixona por Laura, seu plano começa a desmoronar.
Classificação: 10 anos

20/12 - 19h30
"O Motorista de Taxi". ("Taeksi woonjunsa". Coreia do Sul, 2017, 137 minutos. Direção: Jang Hoon). Um taxista de Seul é contratado por um jornalista estrangeiro para levá-lo até a cidade de Gwangju. Ao chegar lá, eles se deparam com o lugar tomado pelo governo militar e com os cidadãos, liderados por um grupo de estudantes, reivindicando liberdade. O que começa com uma simples corrida de táxi se torna uma luta pela sobrevivência em meio à Revolta de Gwangju, evento real que aconteceu na Coreia do Sul em maio de 1980.
Classificação: 14 anos

Serviço:

41ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo
Local: teatro do Sesc Campinas. Rua Dom José I, 270/333, Bonfim - Campinas. (19) 3737-1500
Datas: 14, 15, 28, 29 de novembro, 5, 6, 12, 13, 19 e 20 de dezembro
Horários: sessões às 19h30, com exceção do dia 15/11, quando será às 18h30
Valores: grátis [trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes (Credencial Plena)]; R$ 6 [aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante] e R$ 12 [demais interessados]
Vendas: somente nas bilheterias das unidades do Sesc SP 

Fonte: assessoria de imprensa

comentário(s)