Teatro Castro Mendes, em Campinas, será reaberto em 30 de novembro

Orquestra Sinfônica faz dois concertos de estreia. A agenda cultural segue até dia 21/12 com vários espetáculos

O Teatro Castro Mendes, em Campinas, reabre no próximo dia 30 de novembro depois de ficar cinco anos fechado. A Orquestra Sinfônica fará dois concertos de estreia do teatro reformado, um na primeira noite apenas para convidados, e no dia 1º de dezembro para o público em geral. 

Nas duas apresentações, a Sinfônica interpretará obras do maestro campineiro Antônio Carlos Gomes, homenageando um dos mais importantes artistas brasileiros.

A reforma do teatro, que começou em 2010 e deveria ter sido concluída em um ano, custou R$ 10,3 milhões aos cofres públicos. No começo deste ano, os atrasos na entrega da obra foram alvo de um protesto da classe artística da cidade.

O Castro Mendes terá capacidade para 770 pessoas.

Programação

Logo após as apresentações da Sinfônica, a Associação dos Produtores de Teatro de Campinas (APTC) encena no dia 2 de dezembro o espetáculo “Meu Amigo Raul”, apresentado pela primeira vez na Campanha de Popularização do Teatro deste ano.

No dia 3, o cantor Fernando Curti apresenta o espetáculo “Bossa... Eternamente Nova”, com repertório clássico dos ícones do gênero, como Johnny Alf, João Gilberto, Vinicius de Moraes, Tom Jobim, Carlos Lyra e Roberto Menescal. Além das canções, o músico conta histórias da época e apresenta caricatura dos artistas, feitas por Kal Miranda.

O Conservatório Carlos Gomes também ganha espaço na abertura do teatro Castro Mendes. No dia 4 de dezembro, a escola de música traz o musical “Flicts – A história de uma cor” ao espaço, numa releitura de texto homônimo de Ziraldo.

A peça teatral “Oréstia”, trilogia de Ésquilo, montada pelo Grupo Rotunda do Teatro de Arte e Ofício (TAO), será encenada no dia 5. Com 3h30 de duração – incluindo os intervalos –, a maratona começa com Agamênon e prossegue com Coéforas e Eumênides.

De 6 a 19 de dezembro, a Associação das Escolas de Dança de Campinas realiza o 31º Festival de Dança da cidade, que foi cancelado no início deste ano em função do fechamento do Centro de Convivência Cultural. 

Fechando a programação de abertura, o espetáculo “Quebra Nozes” é atração nos dias 20 e 21 de dezembro. 

“Procuramos pensar numa agenda que cumprisse alguns compromissos assumidos e que contemplasse uma gama maior de plataformas culturais, que é o grande objetivo do Castro Mendes: ser um espaço de diversas manifestações culturais na cidade”, explica Renata Sunega.

Confira a programação: 

30/11
Concerto Oficial da Orquestra Sinfônica de Campinas (evento para convidados)

01/12
Concerto Oficial da Sinfônica
Retirada de ingressos na semana de reabertura do teatro

02/12
"Meu Amigo Raul” (APTC)

03/12
“Bossa....eternamente Nova” (Fernando Curti)

04/12
“A História de uma Cor” (Conservatório Carlos Gomes)

05/12
Peça "Orestia" - trilogia Grega (TAO)

06 e 07/12
“Hércules” (Associação das Escolas de Dança de Campinas)

08/12
“Filhos do Egito”

09/12
“Gaiola Dourada”

10/12
“Filhos do Egito”

11 e 12/12
“Wonderland”

13/12
“Simba - O Rei Leão”

14/12
“Paquita - Ballet de Repertório”

15/12
“Simba - O Rei Leão”

15/12
“Paquita - Ballet de Repertório”

16/12
“Simba - O Rei Leão”

16/12
“Paquita - Ballet de Repertório”

17 e 18/12
“On Broadway”

19/12
“Orígenes”

20 e 21/12
“Quebra Nozes” (Dança e Cidadania e Cia. De Dança de Campinas)

Serviço:

Teatro Castro Mendes. Rua Conselheiro Gomide, 62, Vila Industrial - Campinas
 

Fonte: Departamento de Comunicação da prefeitura de Campinas

comentário(s)