Cultura
“Mês Carlos Gomes” reúne série de atrações culturais gratuitas em Campinas
Publicado em 30 de agosto de 2016

A vida e obra do compositor e maestro Carlos Gomes (1836-1896) será revistada com uma série de atividades em Campinas no mês de setembro. A programação do “Mês Carlos Gomes” ocorre entre os dias 1º e 30 reunindo concurso de cantores líricos, palestras, concertos, apresentações de corais, entre outras atrações culturais. O evento é realizado pela Prefeitura de Campinas, por meio das secretarias da Cultura, Educação e Desenvolvimento Econômico, Social e Turismo, em parceria com entidades culturais representativas da cidade. Todas as atividades são gratuitas.

A abertura nesta quinta-feira, dia 1º, será no Centro de Ciências, Letras e Artes. O evento contará com uma exposição, em sua galeria de arte, montada com fotos, ilustrações e partituras relativas ao celebrado compositor de óperas de Campinas. Será exposto também a gravura emoldurada do quadro “Últimos momentos de Carlos Gomes”, que a professora Rosa Arraes, do Museu de Belas Artes de Belém, ofereceu recentemente ao Museu Carlos Gomes. A exposição é aberta ao público e poderá ser visitada ao longo do mês de setembro. 

Entre os destaques da programação, a Orquestra Sinfônica de Campinas vai interpretar o concerto “Carlos Gomes, 180 Anos” com a participação de cantores líricos da Associação Brasileira Carlos Gomes de Artistas Líricos (ABAL) no sábado (3), às 20h, no teatro Castro Mendes, com entrada gratuita, e no dia 17 de setembro haverá o lançamento do CD da Sinfônica com árias e canções de Carlos Gomes. O concerto também irá ocorrer no Castro Mendes, às 20h. De acordo com o maestro titular da orquestra, Victor Hugo Toro, é a primeira vez que a Sinfônica grava estes dois gêneros da produção do compositor.

Outro destaque da programação é o Concurso Estímulo Para Cantores Líricos Carlos Gomes, realizado pela Secretaria de Cultura, com curadoria do Centro de Ciências, Letras e Artes (CCLA) e apoio da ABAL Campinas. Em sua nona edição, o concurso premia a melhor voz masculina, melhor voz feminina e melhor intérprete de Carlos Gomes.

Sobre a “Semana Carlos Gomes”

A “Semana Carlos Gomes” foi instituída em Campinas pela Lei Municipal 9.152, de 1996, na semana que antecede o dia 16 de setembro, na data em que o maestro faleceu, em 1896. No entanto, devido à necessidade de difundir cada vez mais a obra de Carlos Gomes e ao vasto material deixado pelo compositor campineiro, a comissão organizadora estendeu a programação para todo o mês de setembro.

Mais sobre Carlos Gomes

Antonio Carlos Gomes nasceu em Campinas, em 1836, e morreu em Belém, em 1896. Foi compositor de óperas e dedicou a maior parte de sua produção musical a este gênero. Começou a estudar música com o pai e continuou os estudos no Conservatório do Rio de Janeiro. Ganhou uma bolsa de estudos e foi para a Europa, em Milão, na Itália, onde diplomou-se.

Em março de 1870, a sua ópera mais famosa, “O Guarani”, estreou no Teatro Scala de Milão e, da Itália, a obra ganhou fama por toda a Europa e consagrou Carlos Gomes como o maior gênio musical das Américas. Doente e com dificuldades financeiras, ele teve que voltar ao Brasil em 1892. Foi para Belém para ocupar o cargo de diretor do Conservatório de Música na capital do Pará, onde morou até morrer, no dia 16 de setembro de 1896.

Serviço:

“Mês Carlos Gomes”
Data: de 1º a 30 de setembro
Entrada: gratuita 
Confira a programação completa: carlosgomes.campinas.sp.gov.br/programacao-mes-de-carlos-gomes-2016

Fonte: assessoria de imprensa da Prefeitura de Campinas 

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Cultura