Letícia Spiller e Caru Ricardo apresentam em Campinas o espetáculo musical "Não Deveria se Chamar"

Show é atração neste fim de semana, dias 22 e 23/04, no teatro Iguatemi

Não deveria se chamar com Letícia Spiller e Caru Ricardo teatro iguatemi campinasLetícia Spiller e Caru Ricardo chegam a Campinas com o espetáculo musical “Não Deveria se Chamar”, com duas apresentações no teatro Iguatemi, neste sábado (22), às 21h30, e domingo (23), às 19h. A atriz ao lado da cantora e amiga levam ao palco toda a delicadeza de canções e adaptações de poemas que falam de amor, afeto e amizade.

“Não Deveria se Chamar” foi 'emprestado' da canção quase homônima “Não Deveria se Chamar Amor”, do cantor Moska.

O repertório, só com músicas brasileiras, destaca letras e melodias de compositores consagrados e, também, da nova geração da MPB.

Elas interpretam, entre outras canções, “Alguém Cantando” (Caetano Veloso), “Um girassol da cor do teu cabelo” (Lô Borges), “Gravitacional” (Marcelo Jeneci), “Repousar” e “Que isso fique entre nós” (Pélico), “Tudo tem seu lugar” (Léo Cavalcanti), “Ribanceira” (Marcelo Quintanilha), “Mais simples” (Zé Miguel Wisnik), “Só eu sou eu” (Marcelo Jeneci), “Pombo Correio” (Moraes Moreira), “Dê um rolê” (Novos Baianos), “Paula e Bebeto” (Milton Nascimento), “Não deveria se chamar amor” (Moska) e “Onde estará o meu amor” (Chico Cesar).

De maneira leve e interativa, o show musical propõe questionamentos e reflexões sobre as diversas formas de amor. Música e poesia ganham forma pela voz e pelo corpo, por meio da dança, e com o apoio de projeções de videoclips e imagens das amigas destacadas em um telão que oferece vida ao cenário.

A banda que acompanha as artistas é formada por cinco músicos (Danilo Moraes, Tony Berchmans, Marcelo Effori “Loco Sosa”, André “Piruka” Ricardo e Jesus Sanchez).

Serviço:

Espetáuclo musical “Não Deveria se Chamar” - com Letícia Spiller e Caru Ricardo
Local: Teatro Iguatemi - 3º piso do shopping Iguatemi. Av Iguatemi, 777, Vila Brandina – Campinas. (19) 3294-3166
Data: 22 e 23 de abril
Horário: sábado, às 21h30; domingo, às 19h
Ingresso: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia)
Vendas: na bilheteria do teatro (segunda a sábado, das 10h às 22h; domingo, das 12h às 20h) ou pela internet ingressorapido.com.br

comentário(s)