No aniversário do Mercadão de Campinas, prefeitura anuncia obras no prédio histórico

Estacionamento será ampliado e também há um projeto para um mezanino com área de alimentação. Reformas começam em abril

Mercadão Municipal de Campinas O Mercado Municipal de Campinas, o Mercadão, completou 109 anos nesta quarta-feira, 12 de abril. Em comemoração à data, a prefeitura anunciou que o local passará por reformas. O estacionamento ganha ampliação e também há um projeto para ser construído um mezanino com área de alimentação no local.

O estacionamento passará de 100 para 200 vagas, com investimento de R$ 200 mil. Esta obra terá início ainda em abril e será concluídas em dois meses, de acordo com o anúncio feito pelo prefeito de Campinas, Jonas Donizette, e pelo presidente da Serviços Técnicos Gerais (Setec), Arnaldo Salvetti, que participaram do evento de comemoração pelo aniversário do prédio histórico nesta quarta-feira (12). O projeto é da Setec em parceria com a Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas).

Já para o projeto do mezanino, que terá uma estrutura metálica e um deck de madeira para abrigar a área de alimentação com seis restaurantes, a Setec ainda está buscando recursos junto ao Governo Federal, por meio do Ministério da Integração Nacional, que já havia empenhado recursos de R$ 10 milhões desde 2013, mas nunca liberados, e pelos Ministérios da Cultura e do Turismo.

Como o imóvel é tombado, os recursos também podem ser provenientes da venda do Certificado de Potencial Construtivo (CPC). Esse mecanismo permite comercializar o potencial de área que poderia ser construída naquela região, caso o prédio não fosse tombado, para ser utilizado em outra obra. De acordo com o presidente da Setec, são necessários R$ 4 milhões para iniciar a obra.

História

Patrimônio histórico e ponto turístico da cidade, o Mercadão, que recebe cerca de 100 mil visitantes por mês, tem 143 boxes que comercializam peixes, carnes, queijos, verduras, embutidos, cereais, flores, bebidas, doces, artigos para pesca e animais, lanchonetes, entre tantos outros.

O local foi inaugurado em 12 de abril de 1908 pelo então prefeito Orosimbo Maia. O estilo arquitetônico é do início do século XX, com influências árabe e portuguesa.

Foi projetado pelo arquiteto Ramos de Azevedo em estilo português mourisco, o mercadão foi construído na área ao lado da estrada de ferro Funilense, o que facilitava a chegada e o embarque de mercadorias, na antiga estação Carlos botelho.

Patrimônio histórico, foi tombado como bem cultural de interesse histórico pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico (Condephaat) do Estado de São Paulo, em 1983; e pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas (Condepacc) como patrimônio histórico e cultural do município, em 1995.

A área total do mercadão é de 7.720 metros quadrados, sendo 3.110 metros quadrados de área construída.

Serviço:

Mercadão Municipal de Campinas
Local: Av. Benjamin Constant, s/n, Centro – Campinas
Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 7h às 18h30; aos domingos, das 7h às 12h
Informações: www.mercadaocampinas.com.br

Fonte: assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Campinas

comentário(s)