Turismo
Distritos de Sousas e Joaquim Egídio formam cenário charmoso e bucólico em Campinas
Publicado em 20 de Fevereiro de 2018

Inseridos em Área de Proteção Ambiental, os distritos de Sousas e Joaquim Egídio oferecem programas para quem gosta de natureza, com bons restaurantes e trilhas, formadas entre montanhas e matas, com excelentes locais para caminhadas, passeios a cavalo, de bicicleta, moto e jeep, que passam por flora e fauna nativas, antigos casarios e fazendas dos tempos áureos do café.

A APA compreende uma área de 222,7 milhões m² e preserva remanescente da Mata Atlântica e vegetação típica de ambientes rochosos. A região é destino obrigatório nos fins de semana, reunindo atrativos para compor passeios de um dia, atraindo público da cidade e da região, e até paulistanos, além de  opções noturnas.

Com seus casarios históricos bem conservados e ruas estreitas, restaurantes de culinária diversificada se alternam com bares e até café da manhã. Os charmosos restaurantes Estação Marupiara e o Vila Paraíso são opções, além de algumas lojas e feiras de artesanato, como a feira Vila das Artes, realizada sempre no primeiro domingo do mês na praça Beira Rio, em Sousas, das 9h às 14h.

Por estar no meio de uma região de proteção ambiental, o clima é mais frio do que o Centro de Campinas em geral, além da paisagem ser mais serrana. Para quem quer esticar um pouquinho mais, visite o Observatório de Capricórnio, aberto ao público aos domingos, das 17h às 21h. Fica no Pico das Cabras, em Joaquim Egídio, que é o mais rural dos distritos de Campinas, com uma vista bucólica em meio a fazendas, algumas delas históricas. Aproveite o ar puro, a natureza, as belas e centenárias fazendas que se encontram no caminho da Serra das Cabras, e é claro, se o clima ajudar, admire o pôr do sol visto lá do Observatório, um espetáculo para fechar o dia.

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Turismo