Blog do Vinho
Até eu faço esses lindos drinques clássicos
por Suzamara Santos
Publicado em 25 de fevereiro de 2019

Mundo da coquetelaria é rico e variado, com opções divertidas e leves para a folia. Fotos: Divulgação.

Meu interesse pelo vinho é há muito declarado. Mas o que nem todos sabem é que eu tenho uma queda acentuada pela coquetelaria, embora ainda não tenha me debruçado com mais disciplina nesse universo tão amplo e divertido. Isso não impede que vez por outra eu me aventure pelo lado de dentro dos balcões. Criar um coquetel ou reproduzir um clássico requer curiosidade, destreza com alguns acessórios básicos e, claro, ingredientes variados e de qualidade.

Embora existam muitas opções de drinques feitos com vinho, vou fugir do tema principal deste blog, e entrar no espírito do Carnaval, sugerindo receitas coloridas, fáceis de preparar e à base de bebidas destiladas. Para o folião que tem juízo, são coquetéis que hidratam, alimentam, refrescam e dão aquele “ponto mais” na descontração, sem se embriagar. A seleção foi tirada do Pequeno Livro de Destilados, livrinho que tive a honra de escrever – assim como Pequeno Livro do Vinho (Editora Verus/Record) – para compor uma simpática coleção de bolso, ainda disponível nas livrarias do país.

 

CAIPIRINHA, A ABRIDEIRA

“A bebida com graduação alcoólica de quinze a trinta e seis por centro em volume, a vinte graus Celsius, elaborada com cachaça, limão e açúcar, poderá ser denominada de caipirinha (bebida típica do Brasil), facultada a adição de água para a padronização da graduação alcoólica e de aditivos.” (Decreto 6.871). É o que diz a lei sobre a bebida que se tornou símbolo de brasilidade. Sim, tem regra para chamar a caipirinha de caipirinha. Portanto, a rigor, não existe caipirinha de vodca, caipirinha de rum, caipirinha de maracujá etc. Essas podem ser chamadas de batidas. Mas, sem tanto preciosismo assim, vai uma receita padrão de caipirinha que agrada a todos e não ofende a lei.

– ½ limão-taiti

– 2 colheres (sopa) rasas de açúcar

– 2 doses de cachaça

– 3 a 5 cubos de gelo

Corte o limão em cinco partes, descartando as sementes e a parte branca. Num copo de vidro, coloque os pedaços de limão, acrescente o açúcar e amasse com socador de madeira. Adicione cachaça e mexa até que o todo o açúcar se dissolva. Acrescente o gelo, mexa e sirva sem coar.

 

WHISKY COBBLER

– 4 ou 5 cubos de gelo

– 1 rodela de laranja em casca

– 1 colher de sobremesa de açúcar

– Suco de ½ laranja (de preferência laranja-pera)

– 1 dose de whisky

– Soda gelada para completar

Triture o gelo e coloque-o numa taça grande. Corte a rodela de laranja em triângulos pequenos e coloque sobre o gelo, polvilhe com açúcar e acrescente o suco de laranja e o whisky. Misture om delicadeza e complete com soda.

 

MOJITO (RUM)

– Hortelã fresca

– 1 colher (chá) de açúcar

– 1 dose de rum carta blanca

– 1/3 de dose de suco de limão

– 50 ml de soda ou água com gás

– Gelo picado

Em um copo longo, coloque as folhas de hortelã e o açúcar e macere levemente com um socador. Acrescente o rum, o suco de limão, muito gelo picado e mexa bem. Complete com a sola e decore com umas folhas de hortelã.

 

MARGARITA (TEQUILA)

– Gelo picado

-3/4 de dose de tequila

– 1/3 de dose de Cointreau

– 1/3 de dose de suco de limão-taiti

– Sal e suco de limão para crustar o copo

Molhe a borda do copo com suco de limão e esfregue-a no sal para formar uma crosta. Agite os demais ingredientes numa coqueteleira e sirva no copo crustado.

 

BLOODY MARY (VODCA)

– Cubos de gelo

– 1 dose de vodca

– 1 ½ de dose de suco de tomate

– Suco de limão

– Molho inglês

– 1 pitada de molho de pimenta Tabasco

– Sal

– Pimenta-do-reino

Coloque o gelo, a vodca e o suco de tomate numa coqueteleira. Acrescente o suco de limão, o molho inglês, o molho Tabasco, o sal e a pimenta-do-reino. Agite bem e transfira para um copo alto. Se preferir coe a mistura. Sugestão: use um talo de salsão para enfeitar e mexer a bebida.

 

GIM FIZZ

– 2 cubos de gelo

– Suco de ½ limão

– 1 dose de Gim

– 2 fatias de limão

– Água tônica

Despeje o gim e o suco de limão sobre o gelo num copo alto. Mexa bem. Complete com água tônica e sirva enfeitado com fatias de limão.

 

OUTROS:

ATLANTIC (GRAPA)

– 1 dose de grapa

– 1/3 de dose de licor de kiwi

– ¼ de dose de Curaçao Blue

– 1 dose de suco de abacaxi

– ½ dose de espumante

– 1 rodela de kiwi

– 1 cereja

– Folha de hortelã

Coloque todos os ingredientes, menos o espumante, em uma coqueteleira com gelo. Agite vigorosamente e transfira para um copo alto ou uma taça flûte. Complete com o espumante. Use a rodela de kiwi, a cereja e a folha de hortelã para enfeitar.

 

COQUETEL DE CALVADOS*

– 2 ou 3 cubos de gelo

– 1 dose de calvados

– 1 dose de curaçao sec

– ½ dose de suco de laranja

– 1 colher de orange bitter

Triture os cubos de gelo e coloque numa coqueteleira. Acrescente o calvados, o curaçao, o suco de laranja coado e o Orange bitter. Agite vigorosamente por alguns segundos. Coe e sirva em taças para coquetel.

*Calvados é uma bebida originária da Normandia, ao Norte da França, feita a partir da sidra, que é um destilado de maçãs.

 

HUASCA CHINA (PISCO*)

– 3 colheres (sopa) de açúcar

– 350g de polpa de manga

– 2 ou 3 doses de pisco puro

– Suco de laranja

– Frutas picadas

Bata no liquidificador a polpa de manga com o açúcar e coloque no congelador. Num copo de coquetel, misture o pisco, o suco de laranja e a polpa de manga congelada. A bebida deve ser servida frozen. Adicione gelo moído e enfeite com frutas picadas a gosto.

*Pisco é um brandy elaborado no Peru e Chile, feito com uvas como a Mollar, Quebranta, Moscatel, Itália etc.

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Blog do Vinho