Consoantes Reticentes…
Neymar, o herói das cavernas
por Marcelo Sguassábia
Publicado em 21 de julho de 2018

 

Antes que a Seleção Brasileira chegasse às quartas de final, Neymar fugiu da concentração e partiu para a Tailândia em seu jato particular, com o firme propósito de salvar os meninos presos. Antes, porém, na boca da caverna, convocou uma coletiva de imprensa.

NEYMAR, O QUE FEZ VOCÊ ABANDONAR AS MORDOMIAS DE ÍDOLO MUNDIAL E VIR ARRISCAR A VIDA EM UMA MANOBRA TÃO ARRISCADA?

Acredito ser um chamado de Jesus. A Bruna também teve um sonho e veio chorando falar comigo, dizendo que me viu driblar todos os obstáculos rochosos e aquáticos, trazendo num instantinho o time inteiro são e salvo!

CONHECENDO A SUA FRAGILIDADE EM CAMPO, UM ESBARRÃOZINHO EM UMA ESTALACTITE PODE FAZER VOCÊ ROLAR E GEMER TRÊS DIAS SEGUIDOS…

– Cuidado com o que diz, cara. Estalactite me lembra Tite, e não estou de acordo com o esquema tático proposto por ele. Mas vou passar por cima dessa dificuldade, com a ajuda de Deus já encarei e venci muitas provas, e não será isso o que irá derrubar minha vontade de salvar os garotos. Porém confesso que, se a FIFA, a CBF ou meus assessores mais diretos puderem remover as estalactites do caminho antes que eu entre na caverna, o processo de salvamento pode ser menos doloroso para mim. Psicologicamente, eu digo.

O FATO DE VOCÊ CONVOCAR ESSA COLETIVA AQUI NÃO SERIA UM DESPERDÍCIO DE TEMPO, TÃO PRECIOSO NA TENTATIVA DE RESGATE DOS GAROTOS?

– É que eu não estou autorizado a entrar na caverna enquanto não receber a sunga, os pés-de-pato e o cilindro de oxigênio com a marca da Nike. Vocês da imprensa irão gravar tudo, e por contrato eu não posso me expor publicamente sem as marcas dos patrocinadores.

MAS NEYMAR, UMA CAVERNA ESCURA COM QUATRO QUILÔMETROS DE COMPRIMENTO NÃO É EXATAMENTE UM LUGAR PÚBLICO…

– Olha, por mim eu entrava lá de roupa e tudo, trazendo uns três ou quatro nas costas em cada viagem. Na verdade, o logo da Nike para adesivar no cilindro de oxigênio chegou ontem, mas meus empresários disseram que não era fosforescente. É preciso que seja, para brilhar no escuro. Eu não tenho culpa, são cláusulas contratuais.

VOCÊ ACREDITA MESMO QUE PODE TRAZER OS GAROTOS COM VIDA?

– É como diz o “Tudo passa”, tatuado no meu pescoço. E passa, pode acreditar. Mesmo numa caverna estreita e cheia de perigos, o Senhor vai abrir uma passagem, do mesmo jeito que abriu o Mar Vermelho, para os meninos e para o técnico dos “Javalis Selvagens”.

BOM, ENTÃO VAI, NEYMAR! ANDA LOGO…

Olha, eu não vou nem responder a essa provocação. Esse tipo de cobrança não é nada produtiva, não é isso que vai trazer um resultado positivo em termos de conjunto, de entrosamento da equipe. E isso que eu estou dizendo não vale só pra Seleção. No caso, me refiro ao staff de mergulhadores que vai me acompanhar na tarefa.

NEYMAR, AMANHÃ TEM JOGO DECISIVO PARA A SELEÇÃO. A TORCIDA BRASILEIRA ESTÁ AFLITA, POIS O ESFORÇO TODO QUE VOCÊ VAI FAZER HOJE PODE DEIXÁ-LO LESIONADO PARA A PRÓXIMA PARTIDA.

Não vejo motivo para preocupação. O único risco é o equipamento de mergulho não chegar até amanhã. Aí, não vai ter jeito: não poderei salvar o time dos “Javalis” e nem voltarei para a Rússia a tempo de disputar o próximo jogo… mas não quero nem pensar nessa possibilidade. Deus está comigo sempre, e terei humildade para acatar o que Ele decidir.

© Direitos Reservados

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Consoantes Reticentes…