Blog do Vinho
Otimismo não falta ao Brasil
por Suzamara Santos
Publicado em 16 de julho de 2018

Avaliação Nacional de Vinhos, em Bento Gonçalves, prima pela organização. Foto: Jeferson Soldi

A SAFRA HISTÓRICA BRASILEIRA EM ANÁLISE

É praticamente consenso que a safra 2018 é histórica para todos os estilos de vinhos, sejam eles brancos, tintos, espumantes, rosados. Mas a prova dos nove vai acontecer na Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2018, um megaevento organizado pela Associação Brasileira de Enologia (ABE), que já está em sua 26ª edição. “A natureza fez a sua parte e os enólogos brasileiros entraram em ação, contribuindo com conhecimento e sensibilidade. Acreditamos que esta Avaliação será um espetáculo de grandes vinhos”, comemora Edegar Scortegagna, presidente da ABE.

A Avaliação é um encontro de centenas de especialistas e apreciadores de vários países, que acontece em Bento Gonçalves, RS. O objetivo e avaliar a qualidade da safra por meio das amostras inscritas com antecedência pelas vinícolas brasileiras.  As vinícolas só podem inscrever vinhos de variedades vitis vinífera, secos, 100% varietais, da safra 2018, pertencentes a um lote representativo de, pelo menos, 4 mil litros de diversas regiões produtoras. Esta é a primeira etapa da avaliação.

A segunda etapa é a coleta de amostras. Aqui, funcionários da Embrapa (parceira importante do evento) ou representantes da ABE percorrem as vinícolas inscritas para colher as amostras, que são retiradas dos tanques ou lotes de barricas. Para os vinhos já engarrafados, são solicitadas vistas do estoque para conferir se o volume condiz com as regras.

Amostras às mãos, começa a terceira etapa. Cerca de 100 enólogos brasileiros vão avaliar às cegas cada vinho colhido. Essa prova é realizada na Degustação de Seleção no Laboratório de Análises Sensoriais da Embrapa Uva e Vinho, durante o mês de agosto. O resultado somente será anunciado no dia 29 de setembro, no Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves, quando cerca de 900 apreciadores, público em geral, conhecerão a relação dos 30% mais representativos em cada uma das cinco categorias.

As categorias são Brancos Finos Secos Não Aromáticos, Brancos Finos Secos Aromáticos, Tintos Finos Secos, Tintos Finos Secos Jovens e Vinho Base Para Espumante. Mas atenção: o evento avalia a safra por meio dos vinhos que ainda estão em elaboração. Ou seja, os vinhos que vão chegar ao mercado não são os mesmos. Em 25 safras, a Avaliação Nacional de Vinhos já apreciou 5.857 amostras e reuniu 16.367 degustadores.

 

A enóloga brasileira Regina Vanderlinde é a nova presidente da OIV. Foto: arquivo pessoal

BRASIL NA PRESIDÊNCIA DA OIV

A notícia que animou a torcida pelo vinho brasileiro nas últimas semanas veio da Organização Internacional da Vinha e do Vinho, a OIV. A entidade, com sede em Paris, acaba de eleger para a presidência a enóloga brasileira Regina Vanderlinde. Ela vai suceder a alemã Monika Christmann pelos próximos três anos. Não é pouca coisa, por se tratar de uma entidade com abrangência e credibilidade internacional.

Regina é formada em Farmácia Bioquímica – Tecnologia de Alimentos pela Universidade de Federal de Santa Catarina e doutora em Enologia pela Universidade de Bordeaux. Ela atua como delegada do Brasil na OIV, desde 2001, período em que integrou o Comitê Executivo da entidade. Sua candidatura foi uma iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, com apoio do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin).

Pode-se considerar que chegar à presidência foi um caminho natural para Regina, uma vez que ela também foi a primeira representante do Brasil a ocupar o posto de secretária científica da Subcomissão de Métodos de Análises da organização, em 2012. Nessa nova etapa da carreira, a enóloga terá entre os desafios implantar estratégias para atrair novos membros para organização e criar um modelo de comércio justo e conectado com os dias de hoje.

A OIV foi fundada em 1924 e tem 46 países membros, além de 12 entidades internacionais como observadoras. Trata-se de uma organização científica intergovernamental, direcionada para estudos e promoção de temas ligados à vinha e seus produtos, com ênfase no vinho. A organização está em boas mãos.

NÃO VAI ESQUECER 1

Em agosto tem mais dois eventos de vinhos importantes para marcar na folhinha. No sábado, dia 4, acontece o Encontro de Vinho, mostra que percorre importantes cidades brasileiras, e que, nesta edição, vem acompanhada do Festival de Queijos e Vinhos. Os expositores vão ocupar a agradável Praça Carlos Gomes, Centro, estimulando o público a se espalhar pelo gramado, sob as sombras das árvores. É programa para se estender pela tarde toda, entre bons vinhos e boa comida, preparada na hora por chefs convidados. Todos os pratos terão queijo entre os ingredientes. Música e atrações culturais também estão no cardápio. Atenção ao esquema: para degustação de vinhos é preciso comprar, por e-commerce, um dos kits de degustação com limites variáveis de doses: dez doses ($ 80), quinze ($ 100) e vinte ($ 120). Também serão vendidas no local taças de 120 ml e garrafas fechadas. Os pratos poderão ser adquiridos diretamente nas tendas dos chefs, ao preço mínimo de R$ 20. Mais informações: http://www.encontrodevinhos.com.br

Região do Douro, Portugal: linda paisagens e deliciosos vinhos.        Foto: Divulgação

NÃO VAI ESQUECER 2

Ainda em agosto, dia 16, acontece a Mostra de Vinhos Portugueses de Campinas, com cinco expositores, representando as principais regiões vinícolas do país. E local não podia ser mais propício: no saguão de entrada da Casa de Portugal de Campinas. O evento será nos moldes das feiras e mostras tradicionais de vinho, ou seja, importadores e vinícolas colocam seus principais produtos para degustação e ficam por ali à disposição do público para engatar boas conversas sobre rótulos, uvas, métodos de vinificação e regiões produtoras com quem tiver curiosidade para saber mais. A Mostra de Vinhos Portugueses de Campinas é um evento criado e organizado pela empresa 3 Ponto 7 Eventos. Os ingressos custam R$ 90. Anote: 16 de agosto de 2018, quinta-feira, das 19h às 22h30, na Casa de Portugal Campinas (saguão de entrada), Rua Ferreira Penteado, 1349, Centro. Informações e ingressos: https://www.eventbrite.com.br/e/mostra-de-vinhos-portugueses-campinas-2018

 

 

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Blog do Vinho