Blog do Vinho
Que tal um bom vinho brasileiro para relaxar?
por Suzamara Santos
Publicado em 22 de outubro de 2018

Um dos destaques da exposição interativa Wineyard, no Iguatemi: corpo e cor de tintos e brancos

A minha receita para aplacar a ansiedade nestes dias de fortes emoções, com o futuro do País prestes a sair das urnas, é apreciar um bom vinho brasileiro. Se o seu candidato não vencer, pelo menos você vai ter motivos para continuar amando a sua pátria. Sem ufanismo, claro, porém com boa vontade para reconhecer os esforços da nossa jovem e promissora indústria vinícola. Quem é da região de Campinas tem duas ótimas oportunidades (já sugeridas neste espaço) para abandonar de vez a desconfiança e acreditar no santo da casa. E se precisar de aval extra, veja o que a imprensa especializada internacional anda falando da gente lá fora.

No Iguatemi, até o dia 3 de novembro rola o The Wineyard Experience Primavera Edition, que inaugura o novo espaço de eventos da casa, no terceiro piso do shopping. Passei bons momentos lá, curtindo as brincadeiras interativas com os aromas do vinho, revendo as noções básicas de degustação, viajando pelas estações com painéis informativos e, entre outros divertimentos, namorando garrafas na lojinha de vinhos, que tem opções bem bacanas e, o que é melhor, do tamanho do meu bolso (entenda-se vinhos bons e baratos). Tudo isso com som de piano ao vivo, tornando o programa ainda mais cult.

Estruturas em mesa permite ao visitante reconhecer os vários aromas do vinho

O cuidado com o vinho brasileiro foi o que mais me chamou a atenção. Painéis explicativos convidam a uma viagem pelas regiões produtoras do País e contam um pouco do desenvolvimento da nossa vitivinicultura. Belas garrafas especiais (Salton e Luiz Argenta em destaque) estão expostas em redomas de vidro, como obras de arte, o que é um deleite para quem, como eu, torce pelo sucesso de nosso vinho. Mostrar quem somos nesse segmento e valorizar nossos avanços sem dúvida é um caminho eficiente para encontrar o apreciador certo. Afinal, há anos o Brasil tenta sair da irrisória marca de 2 litros per capita de consumo anual de vinho.

E nesta quinta-feira, Campinas recebe a mostra Brasil na Taça, idealizada pela produtora 3 ponto 7, dedicada exclusivamente ao vinho nacional. É uma aposta inédita, arrojada, que tem grandes chances de integrar definitivamente o calendário de eventos dedicados ao vinho na região. No mesmo espaço, o público terá a oportunidade de conhecer e provar alguns rótulos expressivos da nossa produção. Cordilheira de Sant’Ana, Vinícola Santa Augusta, Don Laurindo, Guatambu, Casa Perini, Lídio Carraro, Vinícola Hermann, Viapiana e Vinhedos Capoani são algumas marcas que já confirmaram presença. Como onde tem vinho tem comida, o visitante poderá provar as delícias das marcas Mió do Queijo, Trighum La Boulangerie Artisanale e Chef Vivi Ávila, que estarão com estande montadas no local.

ESTAMOS PODENDO

O entusiasmo pelo vinho brasileiro não é restrito a uma ou outra iniciativa de empresários. A imprensa internacional também descobriu nossas garrafas. A revista inglesa Decanter deste mês apresenta os espumantes da América do Sul e destaca a diversidade e os micro terroirs brasileiros. Para a Decanter, o clima festivo e de celebração estão no DNA do País e se traduzem nas características dos espumantes. A revista aponta a Serra Gaúcha como a principal região produtora e tece loas ao frescor do moscatel, à elegância dos Charmat e à complexidade da efervescência vinda das regiões mais altas da Serra Gaúcha. Na mesma edição, o Master of Wine brasileiro Dirceu Vianna Júnior indica 18 rótulos verde-amarelos que ilustram a qualidade da produção nacional. Ele lista oito espumantes, seis vinhos tintos e quatro brancos das regiões da Serra e Campanha Gaúcha, e também de novas fronteiras como Planalto Catarinense e região Noroeste de São Paulo.

Fomos notícia ainda no portal Liquor.com, que enviou à Serra Gaúcha o jornalista norte-americano Brad Japhe, colaborador do periódico USA Today. Ele integrou uma press trip organizada pelo projeto setorial Wines of Brasil, desenvolvido pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil). Na reportagem Is Brazil the next big name in South American Wine? (O Brasil é o próximo grande nome do vinho Sul Americano?), Japhe diz ter ficado impressionado com os vinhos que degustou e, depois de muita simpatia, encerra o texto dando uma sugestão aos leitores que ainda não conhecem os rótulos brasileiros: “Assim como você nunca deve julgar um livro pela capa, não se deve julgar um vinho por sua procedência. O verdadeiro valor está no líquido além do rótulo, é claro. Explore o vinho brasileiro e você provavelmente descobrirá mais do que esperava.”

Antes, em junho deste ano, a Master of Wine americana Liz Thach, que participou do Congresso Latino-Americano de Enoturismo, já havia anotado suas boas impressões no blog Wine Travel Stories. A californiana apontou dez curiosidades brasileiras que mais a surpreenderam. Liz enfatizou a “leveza, a característica frutada e alegre” dos vinhos nacionais após maratonar por nove vinícolas, cinco restaurantes e “ene” empreendimentos enoturísticos. Como era de se esperar, a Master of Wine endossou a nossa vocação para a elaboração de espumantes e atestou: “Uma das melhores partes da visita foi a chance de provar alguns deliciosos vinhos espumantes – o seu vinho-ícone. O Brasil é realmente a terra da diversão e da celebração – e seu vinho espumante é a prova disso.”

THE WINEYARD EXPERIENCE PRIMAVERA EDITIO – Até 3 de novembro, de segunda a sábado, das 12h às 22h, e domingos e feriados, das 13h às 21h, Shopping Iguatemi / Espaço de Eventos, 3º piso, Av. Iguatemi, 777, Vila Brandina, Campinas, gratuito. Informações e programação completa: www.iguatemicampinas.com.br

MOSTRA DE VINHOS BRASIL NA TAÇA –  25 de Outubro de 2018 (quinta-feira), das 19h às 22h30, Montjuïc – Espaço Intimista, R. Guilherme da Silva, 75, Cambuí, Ingresso: R$ 82. Vendas online:  www.brasilnataca.com.br

 

POR FALAR NISSO, HOJE É DIA DO ENÓLOGO

Hoje, 22 de outubro, é Dia do Enólogo no Brasil. Para não deixar a data passar em branco, a Decanter Campinas está homenageando um dos nomes mais importantes da enologia da América do Sul, o chileno Marcelo Retamal (foto à esq.), craque que comanda as vinícolas De Martino e Viñedos de Alcohuaz. Durante toda esta semana, os rótulos assinados por Retamal estarão à venda a preços promocionais nas duas lojas da Decanter em Campinas. É uma boa oportunidade de adquirir vinhos como o De Martino 347 Vineyards, De Martino Single Vineyards, Viñedos de Alcohuaz RHU (Melhor Tinto do Chile, no Guia Descorchados 2018), e o Viñedos de Alcohuaz Tococo Syrah (Melhor Syrah do Chile no mesmo guia). Anote:

Decanter Campinas – Unidade Cambuí, R. Coronel Quirino, 2009, de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, e Sábados das 9h às 14h, Telefone: (19) 3295-1994.

Unidade Gramado Mall, Alameda dos Vidoeiros, 455, Jardim das Palmeiras. Aberto todos os dias, das 9h às 21h. Telefone: (19) 3255- 6515. Facebook: Facebook.com/decantercampinas, Instagram: @decantercampinas

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Blog do Vinho