Blog do Vinho
Um pouco da Sicília bem pertinho da gente
por Suzamara Santos
Publicado em 5 de janeiro de 2019

Casa Scalecci Sauvignon Blanc: vinho elegante e fresco, cor amarelo ouro e delicada mineralidade

O negócio da família Assennato no Brasil é piso cerâmico, setor em que é muito bem-sucedida. Mas os Assennato, representado aqui pelo casal Rosario e Angelines, moradores de Valinhos, têm uma profunda relação amorosa com a Sicília, Sul da Itália. Mais que isso, eles são donos da Casa Scalecci, que produz vinhos adoráveis, temperados pelo calor do Mediterrâneo e pelos ventos soprados do Norte da África. O empresário mantém um pé lá e outro aqui e, vez por outra, coloca seus vinhos à prova para convidados.

E é com esses vinhos que começo 2019. Foi numa agradável degustação no Banana Café Campinas, que tive o prazer de desfrutar a conversa animada, de forte sotaque italiano, do sr. Rosario, enquanto bebericávamos cinco rótulos da Casa Scalecci, selecionados por ele. Para acompanhar, uma mesa lotada de deliciosas comidinhas italianas providenciada pelo restaurante. Satisfeito com o balanço que faz nos dois empreendimentos (pisos e vinhos), ele conta que vai-e-volta várias vezes ao ano para a Europa e, assim, consegue zelar por uma tradição familiar que já dura séculos.

Massasaro: assemblage de 70% de Nero D’Avola e 30% de  Cabernet Sauvignon (30%)

A história da vinícola começou em 1920, quando a família Assennato adquiriu o Feudo Scalecci, que pertencia a uma princesa siciliana. A vocação para o cultivo de uvas na propriedade era clara desde então. O solo calcário e granítico, com excelente drenagem da água da chuva, dota as uvas de rica mineralidade, o que resulta em vinhos frescos e elegantes. Durante a Segunda Guerra, seguindo o “salve-se quem puder” imposto a muitas vinícolas europeias, a Casa se manteve em pé, vendendo mosto de suas uvas aos franceses, estes também amplamente prejudicados por invasões, bombardeiros e tudo de ruim que uma guerra traz.

As lembranças desse período estão por toda parte, em especial no canal até o Porto Marzamemi, próximo à comuna de Pachino, na província de Siracusa, construído para viabilizar o comércio entre os países. Dá para imaginar o movimento de cargueiros que ancoravam na região em busca de abastecimento para as suas adegas. Embora a compra do Feudo Scalecci seja um marco na trajetória da família, o envolvimento com o vinho é bem mais antigo, remonta há 200 anos, em outras terras sicilianas. E é esse passado que faz brilhar os olhos do sr. Rosario quando mostra seus vinhos a convidados.

O Casa Scalecci pode ser considerado um vinho moderno, com ênfase para a acidez elevada e delicada mineralidade, porém com um quê de Velho Mundo, como está no seu DNA. No catálogo da empresa, são nove vinhos elaborados com uvas clássicas francesas e italianas, das quais destaco a qualidade das brancas Grillo e Sauvignon Blanc, que parecem amar o clima e solo sicilianos. E vamos ao que importa, os cinco vinhos provados na degustação, cujas detalhes podem ser obtidos nos contatos que se seguem:

Rocio – IGP Terre Siciliane, 50% Sauvignon Blanc e 50% Grillo. Amarelo claro, com reflexos esverdeados. Aromas florais, mesclados a frutas brancas, como pera e maçã. Corpo leve, ótima acidez, álcool integrado. Deixa a boca fresca e molhada. Ótimo para os dias quentes e ocasiões descontraídas.

Chardonnay – IGT Terre Siciliane, 100% Chardonnay. Amarelo claro, com reflexos já apresentando traços dourados. Aromas frutados, que lembram pêssegos maduros, notas de abacaxi em calda e sutil maracujá. Na boca é leve, com boa acidez, agradável mineralidade.  Final fresco e agradável.

Massasaro – IGP Terre Siciliane Rosso, 70% Nero D’Avola, 30% Cabernet Sauvignon. Vermelho rubi, com reflexos violáceos. No nariz, apresenta frutas vermelhas frescas, como groselha e framboesa. Os aromas evoluem para ervas e especiarias, como tomilho e pimenta preta. Bom corpo, boa acidez, taninos macios, álcool integrado. Final de boca longo.

Cierzo – IGP Terre Siciliane, 50% Sauvignon Blanc, 50% Chardonnay. Cor amarela com reflexos dourados. Aromas nítidos de grama cortada e babosa, somados a frutas tropicais maduras, como pera e pêssego, e presença discreta de mel. Ótima intensidade na boca, equilibrado e com boa acidez. Final elegante e longo.

Sauvignon Blanc – IGP Terre Siciliane, 100% Sauvignon Blanc. Amarelo com reflexos dourados. Aromas herbáceos e frutados, com presença de abacaxi, maracujá e cítricos. Na boca é fresco, leve, com ótima acidez e mineralidade. Retrogosto elegante e de persistência média.

GOSTOU? ANOTE OS CONTATOS

Casa Scalecci: www.casascalecci.com,  fones: (19) 3806-5650 / (19) 99890-9180; email: comercial@casascaletti.com

Restaurante Banana Café Campinas: R. General Osório, 2090, Cambuí

 

 

 

 

Compartilhe

Contatos Campinas.com.br:

Redação: (19) 2511-3738

Comercial: (19) 9 8454-0081

E-mail: contato@campinas.com.br

Envie um WhatsApp para o comercial

Cadastro Newsletter:

Cadastre-se para receber todas as novidades do Campinas.com.br

Faça sua divulgação no Campinas.com.br Divulgue seu estabelecimento no Guia + Clube Campinas

Copyright ©2010 - 2019 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ideia74

+ Blog do Vinho