Carros
Avaliação: Hyundai Creta Prestige
Publicado em 12 de julho de 2017

Apresentado inicialmente em novembro no salão do automóvel de 2016 em São Paulo, e tendo sua comercialização iniciada em janeiro de 2017, o Hyundai Creta rapidamente chegou as primeiras posições de venda na categoria de crossovers compactos. E motivos para isso não faltam. A Hyundai repetiu a receita do compacto HB20, antes de colocar o Creta no mercado. Escutou clientes e consumidores para entender seus desejos, e criou um veículo a imagem dessas pesquisas. Assim, seguindo a máxima de “quem erra menos, acerta mais”, o Creta se tornou um crossover de sucesso. Nessa avaliação, trazemos a versão topo de linha Prestige, equipada com motor 2.0 litros e câmbio automático de seis marchas.

Foco

Produzido na fábrica da montadora em Piracicaba (SP), o modelo tem desenho e estilo feito especificamente para o Brasil, e traz uma série de equipamentos inéditos na categoria. Na figura de primeiro SUV compacto global da Hyundai, o produto determinou a entrada da marca no segmento automotivo que mais cresceu no país.

Ainda que compartilhando a mesma linha de montagem com o compacto HB20, o Hyundai Creta tem plataforma diferente. Enquanto o HB20 deriva do hatchback mundial i20, o Creta é baseado na estrutura do sedan Elantra. Seu nome é inspirado na maior ilha da Grécia, situada no Mar Mediterrâneo. E seu estilo segue a linha de outros modelos da Hyundai como Santa Fe, New Tucson e Vera Cruz.

Principais diferenciais

O Hyundai Creta na versão Prestige se distingue dos seus principais concorrentes por vários motivos. Para começar, vem equipado com um motor 2.0 litros (o mais potente da categoria) associado à um câmbio automático de seis marchas.

Traz ainda detalhes de estilo como as lanternas Clear Type, os retrovisores com luzes indicadoras de direção, spoiler traseiro e a moldura cromada na tampa do porta-malas, faróis com projetores e luz diurna DRL de LED, faróis de neblina dianteiros com função de conversão estática e rodas de liga-leve diamantadas de 17 polegadas.

A versão Prestige conta também com um painel batizado de “Advanced Supervision Cluster”, que além de ser diferente das demais versões, permite configurar funções do veículo.

A versão Prestige traz ainda ar-condicionado automático digital, chave presencial com telecomando de travamento das portas e porta-malas, partida do motor por botão, retrovisores externos com rebatimento elétrico, câmera de ré com linhas dinâmicas para manobra e acendimento automático dos faróis.

Outro diferencial presente somente no Creta em toda categoria, é o banco do motorista com ventilação. O recurso faz ventilação do encosto e assento do banco do motorista por meio de ventiladores localizados no interior do assento e do encosto. Este recurso é de série na versão Prestige e oferece três níveis de ventilação.

Saída de ar para os passageiros dos bancos traseiros, vidros elétricos dianteiros e traseiros com simples toque para subida e descida, e abertura e fechamento dos vidros por meio da chave são itens também presentes.

Seguindo a mesma estratégia já vista no compacto HB20, o modelo topo de linha traz o pacote Brown Leather, com bancos forrados de couro marrom, acabamento das portas e apoio de braços lateral e central em couro preto e painel com textura exclusiva e detalhes na cor marrom.

Amplo Espaço interno

O Hyundai Creta tem bom espaço interno, transportando confortavelmente cinco adultos. Ainda que não seja o maior da categoria, está entre os maiores com um entre-eixos de 2,59 metros (superando Jeep Renegade e comparável ao do Honda HR-V). O porta-malas possui 431 litros (também entre os maiores), que pode ainda ser ampliado para 1.425 litros com o rebatimento dos bancos traseiros.

Já completo em todas as versões

Desde a versão básica (o Creta com motor 1.6) o modelo traz de série o sistema Stop & Go (que desliga o motor em paradas rápidas), direção com assistência elétrica e progressiva, travas elétricas nas portas e porta-malas, retrovisores externos com ajuste elétrico e luz indicadora de direção, volante com regulagem de altura e profundidade, banco do motorista com ajuste de altura, cintos de segurança dianteiros com regulagem de altura, apoio de braço para motorista e banco traseiro rebatível e bipartido 60:40.

Muita segurança

O Hyundai Creta Prestige vem equipado com seis airbags (dois frontais, dois laterais de tórax e dois do tipo cortina). Conta também com controle de estabilidade (ESP) e tração (TCS), assistente de partida em rampa que não deixa o carro escorregar (HAC), gerenciamento de estabilidade (VSM), sinalização de frenagem de emergência (ESS) e faróis de neblina dianteiros.

Outro diferencial exclusivo na categoria é o farol direcional com “cornering lamp”. O equipamento amplia a visibilidade em curvas à noite, com o auxílio de uma lâmpada exclusiva dentro do bloco do farol, que faz uma iluminação em 45 graus, no sentido em que se gira o volante.

Ainda no pacote está presente o monitoramento de pressão dos pneus, alerta sonoro de não colocação do cinto de segurança para motorista e passageiro, travamento automático das portas e do porta-malas a 20 km/h e trava de segurança para crianças nas portas traseiras.

Motor e câmbio

O motor 2.0 litros que equipa o Creta Prestige foi desenvolvido especificamente para o mercado brasileiro, e traz tecnologias que melhoram o desempenho e a eficiência energética, como: sistema de partida a frio que eliminia o tanquinho de gasolina, bloco e cabeçote em alumínio, duplo comando variável de válvulas (D-CVVT) para admissão e escape e coletor de admissão variável (VIS).

Esse motor tem 2.0 – 16V DOHC tem cilindrada e 1,999 cm³ e potência máxima de 166 cv (E) e 156 cv (G) a 6.200 rpm. O torque é o esperado com 20,5 kgf.m (E) e 19,1 kgf.m a 4.700 rpm.

O Hyundai Creta com motor 2.0 é equipado com câmbio automático de seis velocidades com trocas sequenciais. Já os carros com propulsor 1.6 podem ter câmbio manual ou automático, ambos de seis velocidades.

Desempenho e consumo

O desempenho do Creta 2.0 litros está também entre os melhores da categoria. A aceleração de 0 à 100 km/h acontece em apenas 9,7 segundos, e a velocidade máxima é de 188 km/h (a segunda maior de todo a categoria).

Ele também conta com nota A no Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), percorrendo 6,9 km/l na cidade e 8,2 km/l na estrada, com etanol. Com gasolina sobe para 10 km/l e 11,4 km/l, respectivamente (números do INMETRO).

Conectividade

A Hyundai equipou a versão Prestige com a central multimídia blueNav. O equipamento tem tela sensível ao toque de 7 polegadas, navegação GPS embarcada, integração com Apple CarPlay e Google Android Auto, Bluetooth, MP3 player, reprodutor de fotos e vídeos, conexões USB/iPod e AUX, microfone instalado no teto do veículo e comandos de áudio no volante.

Dirigibilidade

O Creta 2.0 Prestige realmente surpreende como produto. Ele é prático e gostoso de ser dirigido. Ao volante, o conjunto se mostra bastante leve e suave. Sua altura em relação ao solo, ainda que não seja a mais elevada, está entre as maiores. Isso garante boa mobilidade em obstáculos urbanos como grandes lombadas ou profundas valetas. Guias também são facilmente transpostas. A qualidade do acabamento interno é muito boa, também ficando entre as melhores do segmento, ao lado do Honda HR-V. O powertrain do Creta deixa quase todo mundo para trás (Renault Captur, Jeep Renegade, Honda HR-V, entre outros). Ele só perde no desempenho para o Chevrolet Tracker. Mas esse último é menor e bem menos equipado que Creta, além de não ter ESP.

Plano de manutenção

Além de ser o único na categoria a oferecer cinco anos de garantia sem limite de quilometragem, o Creta tem revisões periódicas até 60 mil quilômetros com preços fixos.

Preço

O Creta Prestige tem preço de R$ 99.990

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Carros