Carros
Salão do Automóvel comemora sua melhor edição da história
Publicado em 19 de novembro de 2018

A trigésima edição bateu recordes, ampliou experiências e recebeu aproximadamente 742 mil pessoas

A aposta dos organizadores do Salão do Automóvel em enfatizar a experiência para os visitantes da 30a edição deu certo. Uma prova disso foi o número aproximado de 742 mil pessoas que visitaram o São Paulo Expo desde o dia 8 de novembro. O evento apresentou marcas grandiosas como os 66 modelos lançados, 45 mil test drives, mais de 1.200 atividades interativas, mais de 540 veículos em exposição e aproximadamente 100 eventos paralelos, com destaque para a inédita Arena New Mobility.

As montadoras aproveitaram o evento para apresentar seus modelos elétricos e lançamentos, como foram os casos do Audi e-Tron, Chevrolet Bolt, Nissan Leaf e Renault Zoe.

O tema Mobilidade foi amplamente debatido na Arena New Mobility, que recebeu mais de 130 palestrantes, entre representantes de empresas, start-ups e referências do setor, que abordaram diversos temas referentes ao futuro da mobilidade urbana.

Ao entrar no pavilhão do São Paulo Expo, o público viu de perto as principais novidades de Audi, BMW, Chevrolet, Chrysler, Dodge, Ferrari, Fiat, Ford, Honda, Hyundai, Jeep, Lexus, Maserati, Mercedes-Benz, Mini, Mitsubishi, Nissan, Porsche, Renault, Subaru, Suzuki, Toyota, Troller e Volkswagen. Além das montadoras, o total de expositores foi 25% maior em relação à edição de 2016.

Juntas, as montadoras apresentaram 66 novos modelos para o público, comprovando a importância do Salão do Automóvel para o setor no País. Os modelos elétricos e híbridos, tendências mundiais, foram amplamente explorados pelas montadoras. As empresas também aproveitaram a ocasião para reforçar a importância desse portfólio, destacando também os modelos autônomos.

Maior test drive do Brasil

E a experiência dos visitantes não ficou restrita a conhecer os novos modelos, mas sim em poder realizar experiências como test drives, simuladores, shows e apresentações, além de muita interatividade e diversão para toda a família. Foram 23 mil m² de pistas para test drives e a maior experimentação de carros elétricos do Brasil, um recorde absoluto entre as edições do evento. Na experiência foi possível sentir o prazer e a emoção de acelerar em uma reta, testar frenagem, dirigibilidade, agilidade e a ergonomia dos modelos. Mitsubishi Outlander PHEV, Nissan Leaf, Porsche Panamera 4 e-hybrid, Renault Twizy, Renault Zoe e Toyota Prius foram os modelos disponibilizados pelas empresas para os testes elétricos e híbridos.

O Test Drive Exclusivo contou com os modelos Bolt da Chevrolet, Amarok V6 da Volkswagen. A montadora alemã também disponibiliza Golf GTE, Jetta, Passat, Amarok V6 e Tiguan em outro teste. Já o Drive Experience foi restrito a convidados da Audi (que disponibilizou os modelos A3, Q5 e RS6) e Renault (Kwid, Duster, Sandero e Captur), as duas marcas participantes.

“Nossa ideia foi trazer ao grande público a oportunidade de conseguir guiar, além de ver de perto, alguns dos principais carros do planeta. Não podemos nos resumir a um evento de exposição de carros e para isso apostamos cada vez mais em experiências para o visitante. Mais de cem marcas prepararam diversas ações e o resultado final foi um evento repleto de experiências e interatividade. Foi a maior edição de nossa história”, enfatizou Leandro Lara, diretor do Salão do Automóvel.

Paulo Octavio, Vice-Presidente Executivo da Reed Exhibitions da Alcantara Machado comentou: “Me sinto muito satisfeito com o resultado desta edição, em especial com o crescimento da satisfação dos visitantes. Era 87% em 2016, e subiu para 97% agora. Desde já, me sinto muito engajado para melhorar ainda mais estes resultados em 2020”

Sucesso do evento acompanha retomada do mercado – A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (ANFAVEA) divulgou resultados positivos da indústria no mês de novembro. Os dados apontam um aumento de 15,3% no licenciamento de veículos novos em 2018: foram 2,10 milhões de unidades neste ano contra 1,82 milhões em 2017. Somente em outubro 243,7 mil unidades foram vendidas, o que representa expansão de 19,4% ante as 213,3 mil de setembro e de 25,6% no comparativo com outubro de 2017. “O número de vendas nos surpreendeu com média diária de mais de 11,5 mil, o que garante a recuperação da indústria automotiva este ano em relação ao ano passado. Certamente fecharemos o ano com resultado bastante positivo e animador tanto para os fabricantes quanto para a cadeia como um todo”, disse Antonio Megale, presidente da ANFAVEA.

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Carros