Cinema
Estreias: chegam aos cinemas os nacionais “O Nome da Morte”, “Querido Embaixador” e “Ana e Vitória”
Publicado em 2 de agosto de 2018

Três filmes nacionais e inspirados em fatos reais entraram em cartaz nos cinemas de Campinas na quinta-feira, 2 de agosto.  Confira:

“O Nome da Morte”

“O Nome da Morte” conta a história de um homem simples, religioso e pacato, amigo gentil e pai de família dedicado que guardou durante décadas um grande segredo: os serviços prestados como matador profissional, que o levaram a executar 492 pessoas. A trama é baseada na vida de Júlio Santana, hoje com mais de 60 anos, que é interpretado nas telas pelo ator Marco Pigossi.

O longa do diretor Henrique Goldman é uma adaptação do livro “O Nome da Morte”, escrito por Klester Cavalcanti e lançado em 2006. Nele, o jornalista revela toda a complexidade de seu personagem, que começou a matar por dinheiro em 1971.

Além de Marco Pigossi, o elenco ainda Matheus Nachtergaele, Fabíula Nascimento, André Mattos, Augusto Madeira e Tony Tornado. Veja a programação em Campinas.

Trailer

“Querido Embaixador”

Pouco conhecida no país, “Querido Embaixador” traz a história do brasileiro que salvou a vida de centenas de pessoas na 2ª Guerra Mundial, Luiz Martins de Souza Dantas.

Diplomata de carreira, Luiz deixa seu posto de embaixador do Brasil na Itália, em 1922, e é transferido para Paris. Na sua despedida em Roma, o próprio primeiro ministro, de quem se tornara amigo, faz questão de ir à gare da Estação Termini para dele se despedir. Tratava-se de Benito Mussolini. Os anos 1920 e 30 foram de encantamento para Souza Dantas, que soube aproveitar Paris ao máximo em tempos que se convencionou chamar de “anées folles”.

Com sua competência, brilha no trânsito junto ao corpo diplomático. É reconhecido nas ruas por floristas, motoristas de taxi, e nos salões por políticos, gente do mundo artístico e a intelectualidade francesa, com quem diariamente convive. E, com o mesmo desembaraço, vive cercado de mulheres bonitas, especialmente as atrizes da Comedie Française, entre as quais a famosa atriz e cantora Arlety.

E é dentro deste contexto que sobrevém a 2ª Guerra Mundial. Dentro desse perfil, seria, em princípio, a pessoa menos indicada para arriscar seu posto e posição por algo que o viesse a se comprometer. Pois, ao contrário de tudo que se esperava, foi exatamente o que passou a fazer, tomando iniciativas para livrar seres humanos, que sequer conhecia, das garras da repressão nazista e, por consequência, da morte.

O filme do diretor Luiz Fernando Goulart estreia e entra na programação do projeto “Projeta às 7” do Cinemark Campinas.

Trailer

“Ana e Vitória”

Inspirada em acontecimentos reais, a narrativa acompanha dois anos na história das meninas Ana e Vitória – do momento em que se conhecem em uma festa e decidem cantar juntas à consagração  no mercado de música pop nacional. A trama se desenrola por meio de crises e encantamentos, além de relacionamentos amorosos sempre sob a ótica da juventude contemporânea.

O longa apresentará canções inéditas do duo, interpretadas tanto por Ana como Vitória, como também por outros personagens. Ana, que compôs toda a trilha do filme, conta que esse conteúdo também serviu de fio condutor para a trama.

A direção é de Matheus Souza. Veja a programação em Campinas.

Trailer

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Cinema