dorian_gray_2_capa.jpg
Cultura

Vinhedo recebe a estreia nacional do espetáculo O Retrato de Dorian Gray

Publicado em 14 de agosto de 2012

A estreia nacional do espetáculo O Retrato de Dorian Gray, da Companhia Internacional de Teatro de Repertório Arte Livre, hoje com sede na Espanha, será em Vinhedo neste sábado (18) e domingo (19), no Teatro Municipal Sylvia de Alencar Matheus.

A peça, que teve uma primeira montagem há cerca de 20 anos no Brasil, onde a companhia foi fundada, passou por uma repaginada e estreou no início de 2012 na Galicia, Espanha, com apresentações também em Santiago de Compostela e Portugal. Para esta estreia, o espetáculo ganhou tecnologia, com novos efeitos especiais e as coreografias também foram recriadas. No Brasil, as apresentações começam por Vinhedo, seguem para Indaiatuba na sequência (dias 24 e 25), passando por oito estados no total e cerca de 25 cidades do país, até o final do ano.

Vigoroso e contra a moral burguesa da sua época, O Retrato de Dorian Gray é uma das obras-primas de Oscar Wilde e uma das mais célebres histórias da literatura inglesa. Seu êxito permanente se prende não só na originalidade da sua trama como também nas ideias estéticas e ao estilo brilhante do seu refinado autor. O Retrato de Dorian Gray se revela atual e rico de conteúdo, envolvendo a busca da perfeita realização sexual e a afirmação de uma arte que vale por si mesma. A espantosa história traz um homem que se mantém jovem enquanto o seu retrato envelhece, mostrando sinais da sua degradação física e moral.

O espetáculo já foi premiado na Europa. Na Galicia, foi eleito o Melhor cenário, de autoria do paisagista brasileiro Roberto Burle Marx; Melhor ator de Londres, Madrid, Santiago de Compostela e do Festival Internacional de Teatro de Edimburgo na Escócia para Roberto Cordovani.

No elenco, Roberto Cordovani (que também assina a direção), Bruno Portela (responsável ainda pela restauração de cenários e efeitos especiais), Ramon Cabrer e Cristina Collazo. São 32 trocas de roupas, quatro coreografias, 70 trocas de luzes e trilha sonora original.

Histórico

De acordo com o diretor, produtor e ator do espetáculo, Roberto Cordovani, a peça foi montada há cerca de 20 anos em homenagem ao centenário da publicação de O Retrato de Dorian Gray, e integra o repertório da Companhia Arte Livre, fundada em 1981 em São Paulo.

Destaque para o cenário de Roberto Burle Marx, um dos maiores paisagistas do mundo, criador da parte urbanística de Brasília, Aterro do Flamengo, Jardim Botânico e Parque Lage no Rio de Janeiro, dos novos jardins do Louvre em Paris, entre grandes esculturas e jardins em todo o mundo. Na época ele aceitou o desafio de Cordovani e criou pela primeira vez um cenário para uma obra teatral de grande importância estética como O Retrato de Dorian Gray, e foi vencedor em 1994 dos Prêmios Compostela de Teatro ao melhor cenário.

Destaque também para os trajes criados por Conrado Segreto, um dos grandes mitos da moda brasileira, já falecido. Ele criou com exclusividade os 35 trajes que ao longo de 1h40 de espetáculo são utilizados entre os 4 atores e 12 personagens. Desde alegorias, como peças de alta costura, às bijuterias e calçados, a estética de Segreto é fiel ao exuberante Oscar Wilde.

Serviço:

Espetáculo O Retrato de Dorian Gray
Local: Teatro Municipal Sylvia de Alencar Matheus. Rua Monteiro de Barros, 101, Vinhedo. (19) 3826-2821
Data: 18 e 19 de agosto
Horário: sábado às 21 horas; domingo às 19 horas
Entrada: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia entrada)

Compartilhe

Contatos Campinas.com.br:

Redação: (19) 2511-3738

Comercial: (19) 9 8454-0081

E-mail: contato@campinas.com.br

Envie um WhatsApp para o comercial

Cadastro Newsletter:

Cadastre-se para receber todas as novidades do Campinas.com.br

Faça sua divulgação no Campinas.com.br Divulgue seu estabelecimento no Guia + Clube Campinas

Copyright ©2010 - 2019 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ideia74

+ Cultura