Cultura
MIS Campinas sedia lançamento do projeto “Arranjos para chão, pedra e voos”
Publicado em 8 de setembro de 2016

O projeto “Arranjos para chão, pedra e voos”, que une as artes de vídeo, fotografia, dança e circo, com técnicas específicas em espaços verticais e aéreos de ambientes naturais, como rochas e árvores, terá lançamento no Museu da Imagem e do Som (MIS) Campinas neste sábado (10), às 20h, com uma exposição

Este diálogo artístico realizado pelo Coletivo Invertido, com direção da bailarina e pesquisadora Claudia Millás, resultou em um trabalho de videodança e fotos, que poderão ser apreciadas no espaço cultural de Campinas até 16 de setembro. Também haverá um lançamento em São Bento do Sapucaí, onde foi ambientado, no dia 17 de setembro.

“Arranjos para chão, pedra e voos” é uma continuidade da pesquisa realizada pelo Coletivo Invertido acerca das possibilidades de criação nos espaços vertical e aéreo. “A partir da necessidade de sair do centro urbano e trabalhar diretamente com os elementos da natureza, utilizou-se a região montanhosa de São Bento do Sapucaí para criação de um videodança e uma sequência fotográfica, que desafiavam o grupo ao diálogo interdisciplinar entre as diversas áreas envolvidas”, destaca Claudia Millás. “A vontade estava em integrar-se com o ambiente, em busca de novos olhares e (re)significações e compartilhar os produtos gerados com o público da zona rural e da periferia das cidades envolvidas a fim de descentralizar o acesso à arte”, complementa.

Sobre o Coletivo Invertido

O Coletivo Invertido foi criado em 2013 por Claudia Millás como um grupo de estudos para investigação prática de sua pesquisa de mestrado “Trajetórias de risco, treinamento e criação: experiências vividas nos espaços vertical e aéreo”, realizada no Programa de Pós-Graduação em Artes da Cena da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) com orientação da atriz e pesquisadora do LUME Teatro, Ana Cristina Colla.

Formado por artistas circenses, bailarinos, atores, músicos, fotógrafos e videógrafos, o grupo conta desde sua origem com a criação da instalação coreográfica “Ao Vestir Vertigens”, do espetáculo-intervenção “De Olhos Fechados”, e agora com um videodança e uma sequência fotográfica.

Serviço:

Projeto “Arranjos para chão, pedra e voos”
Local: Museu da Imagem e do Som (MIS), Palácio dos Azulejos. Rua Regente Feijó, 859, Centro – Campinas
Data: 10 de setembro
Horário: 20h
Entrada: gratuita

Local: teatro Garagem Fuscalhaço (Rua Luiz Sadaki Hossaka, 121, São Bento do Sapucaí 
Data: 17 de setembro
Horário: 20h
Entrada: gratuita

Foto: Pedro Langella (divulgação)
Fonte: assessoria de imprensa 

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Cultura