Cultura
Sinfônica de Campinas e Guilherme Arantes reúnem milhares de pessoas na Concha Acústica
Publicado em 17 de julho de 2017

Mais de seis mil pessoas estiveram no concerto da Sinfônica de Campinas e Guilherme Arantes realizado no domingo, 16 de julho, em comemoração aos 243 anos da cidade (comemorado na sexta, 14), na Concha Acústica do Taquaral

Logo no início da apresentação, a surpresa: o funcionário José Carlos Sabino, um dos montadores da orquestra, deixou os bastidores e com o ritmo certeiro do pandeiro, assumiu o posto de solista na popular “Tico-tico no Fubá”, de Zequinha de Abreu. Com graça e leveza, envolveu o público, e passou o solo para Guilherme Arantes, uma das referências da cultura brasileira. Na batuta, o maestro Victor Hugo Toro, bastante comunicativo com o público e fez até a “maior selfie da história de cidade”. 

Com 40 anos de carreira, Guilherme Arantes interpretou sucessos que atravessaram gerações e continuam na memória popular. O público, em uníssono, se transformou num imenso coral. Além de cantar, os fãs ouviram atentos as histórias do músico sobre sua trajetória e o processo criativo das canções. Citou a interpretação marcante de Maria Bethânia em “Brincar de Viver”, destacou a importância de Elis Regina: “o grande impulso na minha carreira ao gravar ‘Aprendendo a jogar'”.

Simpático e contagiado pela cumplicidade dos instrumentistas e do público, Guilherme Arantes dedicou “Luzes da Ribalta” aos 243 anos da cidade e “Cheia de Charme” ao público feminino.

Com a noite chegando, interpretou “Coisas do Brasil”, “Planeta Água”, “Meu Mundo e Nada Mais”, “Um Dia, Um Adeus”, “Amanhã”, “Lindo Balão Azul”, entre tantas outras num show caloroso de mais de duas horas que teve no repertório, o clássico “Carinhoso”, de Pixinguinha e João de Barro.

O concerto foi realizado pela Secretaria de Cultura de Campinas e Sesc Campinas.

Fonte: assessoria de imprensa da Prefeitura de Campinas

Fotos: crédito – Carlos Bassan (home) e Pedro Soares Neto (galeria de fotos)

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Cultura