Voltar para o visitecampinas.com.br
monstradanca-capa.jpg
Cultura

Espetáculo de dança no Sesc traz coreografia-colagem para pessoas e plantas

Publicado em 22 de fevereiro de 2018

O Sesc Campinas recebe nesta sexta-feira (23), às 20h30, o espetáculo de dança contemporânea “Monstra”, uma coreografia-colagem para pessoas e plantas.

Com duração de 50 minutos, as diretoras Elisabete Finger e Manuela Eichner, apresentam ao público as práticas corporais, estudos e situações colhidos durante o processo de criação, em que o analógico, o digital e o vegetal convivem em um mesmo espaço. Durante a apresentação coreográfica, os blocos de ações independentes entre si se colam e se separam uns dos outros com certa brutalidade, como se fossem cortados com uma tesoura. Dentro de cada unidade coreográfica há um enunciado comum, mas cada conjunto pessoa-planta responde a ele de forma distinta, construindo a cada novo corte uma estranha totalidade: uma colagem, uma comunidade, um ecossistema, uma monstra.

Elisabete Finger é Performer e coreógrafa e foi bolsista da Casa Hoffmann (Curitiba, 2004). Fez parte da Formação Essais no Centre National de Danse Contemporaine d’Angers (França, 2005-2006) e do Programa SODA – Solo/Dance/Authorship, mestrado em dança pela HZT/UdK (Berlim – Alemanha, 2010-2011). Foi co-fundadora e integrante do Couve-Flor Minicomunidade Artística Mundial (2005-2012). Tem apresentado seu trabalho em diferentes contextos (dança, performance, artes visuais), em diversos festivais e mostras no Brasil e em outros países, com apoio de instituições brasileiras e alemãs como: Itaú Cultural, Festival Panorama, FUNARTE, Ministério da Cultura, Instituto Goethe, PACT Zollverein, Fabrik Potsdam, Uferstudios, entre outros. Em 2013 iniciou no Brasil o programa Discoreografia – Música, Dança e Blablablá (versões em áudio e vídeo), do qual é idealizadora, curadora e apresentadora. Mora e trabalha em São Paulo, mantendo vínculos institucionais, artísticos e afetivos com a cidade de Berlim.

Já Manuela Eichner é artista visual formada em Escultura pela UFRGS/RS. Vive em São Paulo. Múltipla, a sua produção abarca desde vídeos e performances até oficinas colaborativas, passando pelo desenvolvimento de estampas, peças de design gráfico, ilustrações e instalações. Participou do Projeto Rumos Itaú Cultural, da coletiva Utropic no CSW, na Polônia, da residência ZKU – Zentrum für Kunst und Urbanstik em Berlim, Alemanha e da residência Brooklyn Brush em Nova York, EUA. Atualmente finaliza o projeto On Earth, realizado na Spiral Jetty, Utah/Estados Unidos, financiado pelo George T. Dorsch Award. Suas colagens podem ser vistas em publicações como Folha de S. Paulo e Revista Tpm/Trip.

Serviço:

Dança contemporânea: “Monstra”
Local: Galpão do Sesc Campinas. Rua Dom José I, 270/333, Bonfim – Campinas. (19) 3737-1500
Data: 23 de fevereiro
Horário: 20h30
Ingressos: R$ 5 [trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes (Credencial Plena)], R$ 8,50 [aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e servidor de escola pública com comprovante] e R$ 17 [demais interessados]
Classificação etária: 18 anos

Fonte: assessoria de imprensa

Compartilhe

Newsletter:

© 2010-2019 Todos os direitos reservados - por Ideia74

+ Cultura