Voltar para o visitecampinas.com.br
peça tearo TIO Eduardo Sterblitch e Renata Gaspar teatro Iguatemi Campinas
Cultura

Eduardo Sterblitch e Renata Gaspar falam sobre a estreia nacional da peça “TIO”: “viagem muito louca”

Publicado em 17 de maio de 2019

Os atores e comediantes Eduardo Sterblitch e Renata Gaspar estiveram no teatro Iguatemi Campinas para falar sobre novo espetáculo, “TIO”, que estreia nacionalmente na cidade nesta sexta-feira (17), e sessões também no sábado (18) e no domingo (19). O espetáculo é dirigido pela também atriz Débora Lamn, e foi criado como uma espécie de “Ted Talk”, palestras curtas sobre assuntos variados que fazem sucesso nos Estados Unidos e que já aparecem com mais frequência no Brasil.

Segundo Eduardo Sterblitch, a peça é uma “viagem muito louca” para todo o público, que é parte importante da peça. Com cenário e figurinos minimalistas, a intenção da diretora é que o público se prenda na atuação dos dois únicos atores da peça, responsáveis por dar vida há mais de 60 personagens. “Um gesto, um tom de voz, um jeito diferente de mexer o corpo vai diferenciar um personagem do outro”, explica a diretora.

O nome do espetáculo é uma abreviação de “Treinamento Intergaláctico Obrigatório”, e propõe uma visão distante de como os seres humanos se relacionam, agem, pensam e vivem para ter uma experiência da civilização terrestre. “É como se fossem dois seres conversando e fazendo um vídeo de turismo para quem quisesse visitar a terra”, explicou Sterblitch.

A ideia para a montagem do projeto surgiu da vontade de Eduardo e Renata de trabalharem juntos depois de contracenarem em algumas esquetes do programa “Tá No Ar – A TV na TV”, da Rede Globo. “Nossa loucura é muito parecida em cena, e a gente percebeu isso enquanto fazíamos o programa”, afirmou Renata Gaspar. Débora Lamn abraçou o projeto e afirma que fez tudo com base nos atores. “A peça é deles. Foi escrita e dirigida para eles trabalharem”, disse Débora.

A produção da peça conta com grandes nomes do teatro nacional, como Verônica Debom e Célio Porto, que assinam o texto do espetáculo, e Renato de Carvalho, responsável pela iluminação, que estabelece o tom de cada cena na peça. Além disso, toda a apresentação foi coreografada por Denise Stutz, o que ajudou a dar mais movimento às cenas.

Após a estreia em Campinas, a peça deve circular por outras cidades (ainda em negociação), com duas apresentações já programadas para julho em Fortaleza (CE).

Compartilhe
Agenda

Newsletter:

© 2010-2019 Todos os direitos reservados - por Ideia74

+ Cultura