Turismo

Conheça as “7 Maravilhas de Campinas”

Publicado em 19 de fevereiro de 2018

As “7 Maravilhas de Campinas” foram selecionadas em 2007 pela própria população do município, que votou pela internet na escolha dos seus locais favoritos. O concurso, promovido pelo jornal Correio Popular, mostrou que a cidade é repleta de belezas naturais, pontos de importância histórica, arquitetônica e cultural, além de espaços de convivência e lazer. Lugares que merecem ser contemplados, valorizados e festejados, destacou o jornal.

Confira:

1ª – Estação Cultura
Antiga Estação FEPASA hoje é um espaço cultural. A “Estação da Paulista” teve sua viagem inaugural entre Jundiaí e Campinas no dia 11 de agosto de 1872. A estação serviu de entroncamento de diversas ferrovias, como a Mogiana e a Sorocabana, articulando o trânsito de passageiros e carga entre a capital e o interior do Estado.

2ª – Catedral Metropolitana
Inaugurada em 1883, a construção da Catedral Metropolitana de Campinas teve início no século 19. Raro exemplar no mundo em taipa de pilão com cunhais de pedra. Em 1850, o prédio foi coberto e deu-se início à ornamentação interna feita pelas mãos do mestre escultor baiano Vitoriano dos Anjos. Foram necessários seis anos para que o artista conseguisse esculpir o altar-mor, os púlpitos e as grades do coro. Em 1908, a Matriz Nova transforma-se em Catedral de Campinas, devido à criação da diocese local.

3ª  – Parque Portugal (Lagoa do Taquaral)
Popularmente conhecido como “Lagoa do Taquaral”, o Parque Portugal constitui um dos mais importantes espaços de lazer da cidade. A histórica Fazenda Taquaral, com seus 33 alqueires, foi transformada em parque no ano de 1972, após a aquisição pela Prefeitura das terras da família Alves de Lima.

4ª – Jockey Club Campineiro
Centenário, o Jockey Club Campineiro remonta ao período áureo do café. A instituição se formou em 1924, a partir da fusão do Jockey Club com Clube Campineiro. Sua sede foi palco de festas, recitais de piano, violino e canto das famílias abastadas da cidade.

5ª – Mercado Municipal
Conhecido como Mercadão, foi inaugurado em 12 de abril de 1908 pelo prefeito Orosimbo Maia. Na época, passava pelo local a antiga estrada de ferro funilense, transportando sacas de açúcar mascavo, fardos de arroz e feijão, entre outros produtos. O local funcionava também como depósito de açúcar que depois seguia para o Porto de Santos.

6ª – Escola de Cadetes
Fundada em 1967, a Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) dispõe de uma imponente instalação, cercada de muito verde, com amplos espaços e torres que se destacam na paisagem urbana. Entre outras atrações o prédio abriga uma biblioteca aberta ao público com mais de 12 mil livros.

7ª – Torre do Castelo
O “Castelo D’água”, como era chamado, foi criado para abastecer os bairros que se formavam na região norte da cidade. A torre de 27 metros de altura foi erguida em um ponto estratégico para o desenvolvimento urbano, em um dos extremos da “triangulação geodésica da cidade” definida pelo Plano de Melhoramento Urbano de Campinas, mais conhecido como Plano Prestes Maia, de 1938. Avista-se toda a cidade lá de cima. Vale a pena a visita!

Mais informações no Departamento de Turismo da Prefeitura de Campinas, pelo telefone (19) 2116-0749

Compartilhe

Copyright ©2010-2018 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados.

+ Turismo