Voltar para o visitecampinas.com.br
Malta foto
Turismo

Malta: o país ilha no meio do mediterrâneo

Publicado em 15 de abril de 2019

Malta é um dos principais destinos turísticos dos europeus, mas existe muita gente de outros continentes que ignora o país, seja por não conhecê-lo ou pelo fato do mesmo não ser tão popular como França, Itália e outras nações do velho continente. A verdade é que se você está buscando um destino internacional para suas férias e quer conciliar um ambiente histórico com uma natureza exuberante sem ter que se isolar do mundo moderno por completo, então as Ilhas de Malta são uma ótima opção.

As três principais ilhas

Primeiramente, é interessante entender aspectos geográficos e organizacionais locais. Malta é um país cujo idioma oficial é o maltês, mas calma, você não vai precisar aprender mais um idioma para sua viagem. A maioria das pessoas que mora na ilha utiliza mesmo é o inglês no dia-a-dia, inclusive o local vem se tornando um dos principais destinos dos brasileiros que buscam fazer um intercâmbio para aprender o inglês.

O país é localizado a cerca de 80 km ao sul da ilha de Sicília e apenas as três maiores ilhas são habitadas, sendo elas Malta, Gozo e Comino. Existem diversas outras ilhas menores que compõem o arquipélago, mas estas não são habitadas para garantir a preservação. Na Ilha de Malta, existem três cidades principais, uma delas é Valeta, capital maltesa que é o cenário de diversos filmes, entre eles “Guerra Mundial Z”, “Assassinato no Expresso do Oriente”, entre outros. Tem também Sliema e St Julian’s, cidades conhecidas pela beleza natural e uma vida noturna agitada com baladas animadas, restaurantes premiados e cassinos luxuosos.

Aliás, é justamente esta combinação de ambiente histórico e construções modernas e luxuosas que tornam Malta um ótimo destino. Quem visita o país pode passar os dias conhecendo as praias, os portos e os museus, enquanto as noites podem ser aproveitada nos cassinos ou nas baladas.

Se você gosta de apostas, mas não conseguirá visitar Malta tão cedo, não se preocupe, o país não conta apenas com casas de jogos físicas. Na verdade, Malta é sede de diversos cassinos online. Ou seja, você pode visitar um site de apostas em futebol e outros jogos diretamente da sua residência, aqui no Brasil, e tentar a sorte de maneira totalmente legal, uma vez que os sites são licenciados no país-ilha e podem operar mundialmente.

Dicas para viajantes

Se animou e decidiu passar as próximas férias em Malta? Então, veja algumas dicas importantes para garantir que você aproveite o máximo enquanto estiver na ilha paradisíaca.

1. Não se preocupe (tanto) com a época do ano

Se quiser aproveitar o fim de ano para ir à ilha, você encontrará um local cuja temperatura média está na faixa dos 12ºC, também é possível que você seja presenteado com dias nublados e chuvosos. Os habitantes locais afirmam que é possível visitar a ilha em qualquer período do ano, mas, se quiser aproveitar um período mais quente e com céu aberto, compre suas passagens para os meses de março até agosto e aproveite a primavera e o verão maltês.

2. Considere o aluguel de um carro

Alugar um carro em Malta é relativamente barato e isso dará liberdade para que você visite as principais cidades, praias e portos de maneira rápida e confortável. Dito isso, é importante citar que o país conta com um transporte público de qualidade, logo, se você planeja ficar no país por vários dias ou está com o orçamento muito apertado, fique tranquilo pois é possível aproveitar a viagem utilizando meios de transporte econômicos.

3. Locais e atrações que devem ser visitados

Se você é daqueles que precisou ir à Itália a trabalho e conseguiu encontrar apenas um dia para lazer e quer visitar Malta, então aproveite o curto período para ir até o Castelo de Valeta e a Igreja de Mosta Dome. Em seguida, você pode descansar nas praias coloridas ao Norte da Ilha ou visitar os museus que ficam no sul.

4. Visitar Malta é caro?

Malta é um destino internacional e por isso exigirá um investimento maior que uma viagem nacional. No entanto, o país em si não é mais caro que os diversos destinos europeus. Na verdade, tudo depende de quanto você quer gastar, isso porque é possível se hospedar tanto em opções baratas como hostels, assim como em luxuosos resorts e hotéis cinco estrelas.

Em termos de alimentação, também é possível pagar 30 euros (cerca de R$ 100) em uma refeição ou, simplesmente, optar por algo similar a um PF brasileiro por uma fração do preço. Já comentamos também que é possível se deslocar utilizando o transporte público e existem várias atrações que não cobram entrada ou cobram valores irrisórios. Ou seja, é sim possível visitar Malta sem gastar grandes quantias de dinheiro.

Foto: Magdalena Smolnicka (on Unsplash)

Compartilhe

Contatos Campinas.com.br:

Redação: (19) 2511-3738

Comercial: (19) 9 8454-0081

E-mail: contato@campinas.com.br

Envie um WhatsApp para o comercial

Cadastro Newsletter:

Cadastre-se para receber todas as novidades do Campinas.com.br

Faça sua divulgação no Campinas.com.br Divulgue seu estabelecimento no Guia + Clube Campinas

Copyright ©2010 - 2019 Campinas.com.br. Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Ideia74

+ Turismo